A Natureza Cíclica da Mulher

Sim, somos muitas mulheres em uma. Sim, nós mudamos o tempo todo. Não, não somos imprevisíveis e nossa ciclicidade não nos torna ineficientes.

Nossos hormônios flutuam em nossos corpos de mulher durante o nosso ciclo menstrual: morremos, crescemos, expandimos, decaímos e renascemos. Em uns tantos 28 dias, nós mulheres visitamos inúmeros lugares internos: diferentes arquétipos, diferentes formas de viver, de sentir, de relacionar, de pensar, de trabalhar, de ser!

• Menstruação: Energia do inverno, da velha sábia. Fase de renascimento, de deixar pra trás o que limita, descansar, recuperar energia, receber os insights, deixar que as soluções de seus problemas te encontre, silenciar, sonhar, plantas as sementes de intenções para o novo ciclo.

• Fase pré-ovulatória: Do fim da menstruação até a ovulação. Fase da virgem, da guerreira. Momento de frescor, maior capacidade de aprender coisas novas, iniciar novos projetos. Força de ação, pensamento lógico e objetivo, discernimento, clareza mental, força de vontade, potencial realizador. Momento de agir, de colocar em prática, de manifestar.

• Fase Fértil: O período da ovulação. Arquétipo da mãe. Compartilhar suas ideias, de firmar equipes de apoio para projetos, se expressar com confiança, se expandir além de si mesma. Utilizar a energia materna em forma de empatia, compaixão, sensibilidade e acolhimento com você mesma, com seus sonhos, projetos e parceiros de trabalho! Facilidade de expressão, de dizer desde o coração sobre quais seus planos, visões e ideais. Momento de utilizar a energia sexual para potencializar o processo criativo, bom momento também para a resolução de conflitos.

• Fase Folicular: A TPM. Arquétipo da bruxa, a feiticeira. Fase de urgência criativa, de finalizar e concluir os projetos.

Este é um momento auspicioso para observar quais as questões internas e externas que impedem o seu sucesso, sua realização, seu crescimento profissional e pessoal, que impedem que você viva a realidade que você quer, merece e deseja!

Hora de colocar na balança o que é realmente necessário e eficiente, o que você quer ou não levar para o novo ciclo.

Hora de avaliar as suas escolhas e entrar em contato com as sombras por traz das suas intenções, atitudes, vontades, desejos. Momento de enxergar a si mesma com mais verdade, para crescer em sabedoria e alinhamento neste novo ciclo que irá em breve se iniciar junto com a menstruação.

“Com calma, carinho e respeito vamos aprendendo a perceber o que é ilusão e o que é verdade, o que nos foi imposto e o que é nossa essência”.

Conhecendo cada uma fases que nos move, e entrando em equilíbrio dinâmico com cada uma delas, a cada novo momento, não só evitamos sermos vítimas de nossa ciclicidade, como utilizamos o poder de cada uma dessas fases para nos fortalecer e nos empoderar na caminhada de realização pessoal e profissional.

Texto adaptado de:
Morena Cardoso

Terapeuta acupunturista e proprietária da Estação de Arte e Cura Sereni Gayatri, com o propósito de amparar sua jornada e elevar a consciência.