A Repressão da Sexualidade – Parte 2

Repressão leva a conflitos, e os conflitos levam a culpa. Algumas correntes dizem que a repressão nos faz adoecer causando neuroses.

O segredo é saber usar a sexualidade como virtude. Expressar de maneira equilibrada essa virtude. Sempre com consentimento e sem violência.

A sexualidade é um aspecto do ser humano que precisa ser trabalhada e se tornar consciente. A energia sexual é uma energia de prazer e criadora, uma ferramenta importante, um caminho para a transcendência espiritual. Podemos ter um caminho espiritual com prazer e não apenas com penitências e sofrimentos.  Se queremos seguir no caminho do autoconhecimento, como poderemos negar a nossa sexualidade e afetividade, negar a própria natureza?

A comunicação e a troca nos elevam, é uma alquimia que leva a transformação. Podemos nos transformar em algumas conversas, em práticas terapêuticas, no cultivo interno de energia, na conexão com a natureza, em um abraço, um beijo e no sexo. O sexo tem um grande poder alquímico, de conexão, de comunicação, de trocas e elevação. Cria-se energia. No ato sexual existem energias sendo trocadas, movimentando a energia em todos os chacras e conectando os centros energéticos.

Então escolha bem com quem você vai fazer sexo, seja você homem ou mulher, fazendo sexo com homem ou mulher, atente-se na alma, na intenção e na energia de quem você escolhe.

“Transe com quem você gostaria de ser.
Transar não é só coisa de corpo, transar não é só pra ” aliviar ” tensões.
Transar é coisa de corpo, coisa de alma, coisa do coração.
Derrame-se no universo do outro, permita-se conexões profundas.
Doe o seu melhor, não tente atingir o orgasmo, não tenha pressa. Goze com o pensamento, fixe os olhos, admire a sensação que você pode causar a quem toca. Observe, perceba. Esteja presente de verdade. Um ritual de almas sendo curadas simultaneamente a favor de si mesmos. Vamos transmutar a ideia de que sexo é sexo e amor é amor. Sexo sem amor, sem vontade não cura, não acrescenta e ainda pode abaixar sua vibração.
Seja com homem ou mulher, quando tocar alguém nessa vida, trate-a como você gostaria de ser tratado. Transem, mas transem com toda sua alma.” (Texto adaptado de Kah Parreira).

Sexo não é pecado, ele é material, espiritual e energético.

Terapeuta acupunturista e proprietária da Estação de Arte e Cura Sereni Gayatri, com o propósito de amparar sua jornada e elevar a consciência.