Anvisa identifica irregularidades em lote de Diazepam

Nesta quarta-feira (22), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) adotou diversas medidas de suspensão e proibição de produtos irregulares.

Um dos alvos foi um lote 20101816 do remédio Diazepam 10mg-2mL, solução injetável. Foram identificadas irregularidades nas informações do rótulo das embalagens e comunicou o fabricante sobre o problema. A Santisa Laboratório Farmacêutico S/A informou que vai recolher o produto voluntariamente das prateleiras.

A Anvisa ainda proibiu a veiculação de propagandas de medicamentos manipulados divulgados no site da empresa PH Magistral Farmácia e Manipulação.

Mercúrio

Outro produto que passará por mudanças é o mercúrio, cujo uso em termômetros e serviços de saúde foi proibido. A medida entra em vigor em 2019. Isso porque o produto oferece riscos à saúde, como problemas no sistema nervoso e tireoide, e ao meio ambiente.

Além disso, a agência lançou nesta quarta-feira (22) uma consulta pública para debater o fim do uso de mercúrio e liga de amálgama não encapsulados em procedimentos odontológicos. As propostas podem ser encaminhadas por dois meses a partir de 29 de março.