Anvisa interdita carnes que passaram por recall

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) interditou, nesta terça-feira (28), todos os produtos de três empresas envolvidas das investigações da operação Carne Fraca. A ação, da Polícia Federal (PF), investiga possíveis adulterações no processamento das carnes e seus derivados.

A interdição é preventiva, dura 90 dias, e é resultado da comunicação com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) sobre recolhimento (recall) dos produtos. O ministério encontrou irregularidades durante fiscalização que atingiu os 21 estabelecimentos citados na operação e informou a Anvisa.

O Ministério determinou o recolhimento de todos os lotes dos produtos dos frigoríficos Transmeat Logística Transportes e Serviços LTDA., Frigorífico Souza Ramos LTDA e Peccin Agro Industrial LTDA.

A agência, por sua vez, proibiu a comercialização ou preparação dos produtos das três empresas, que passarão por análises laboratoriais. Até o resultado, bares, lanchonetes e restaurantes também ficam impedidos de utilizar as carnes.