Aplicativo Saúde Já Curitiba começa a ser testado na Regional Portão

O prefeito Rafael Greca e o secretário municipal da Saúde de Curitiba, João Carlos Baracho, lançaram nesta quarta-feira (12/04) o projeto-piloto do aplicativo Saúde Já Curitiba, na Unidade de Saúde Parolin. Com o aplicativo, os usuários poderão agendar pelo celular o atendimento nos postos de saúde, evitando a necessidade de ir para a fila de madrugada, em busca de senha. O aplicativo também estará disponível via web pelo endereço eletrônico saudeja.curitiba.pr.gov.br

O aplicativo Saúde Já Curitiba foi um compromisso de campanha do prefeito. “É uma solução moderna e uma alternativa para um problema antigo da saúde: o deslocamento do usuário de madrugada para o posto de saúde, no frio, no vento e na chuva”, afirmou Greca. “O aplicativo será mais uma ferramenta de acesso aos serviços ofertados pelos postos de saúde”, disse.

Os testes do projeto-piloto, em versão beta, começaram no dia 29 de março na Unidade de Saúde Estrela, no bairro Fazendinha, Distrito Sanitário do Portão. A partir desta semana, o projeto-piloto será estendido, no período de 15 dias, para todos os postos do Distrito Sanitário do Portão, que abrange os bairros Vila Izabel, Portão, Fazendinha e Santa Quitéria. Os postos de saúde são: Parolin, Santa Amélia, Santa Quitéria, Santa Quitéria 2 e Vila Guaíra. O posto de saúde Parolin será a segunda unidade a receber o projeto-piloto.

Os testes no postos de saúde do distrito do Portão devem durar três meses. Após análise de adequação, em meados do ano, o aplicativo será ampliado para o distrito de Santa Felicidade. Em três meses depois, para o distrito do Tatuquara, ainda no decorrer de 2017. A perspectiva é de universalizar para todos os distritos do município em 2018.

“Essa implantação escalonada é importante para que sejam feitos todos os ajustes necessários, a apresentação do aplicativo para os profissionais de saúde e também para que a população possa ir se apropriando da nova tecnologia”, disse Baracho. “Vamos reforçar esse trabalho com as lideranças comunitárias, a partir das administrações regionais, liderados pela Secretaria do Governo Municipal, e dos nos distritos sanitários da Secretaria Municipal da Saúde de Curitiba.”

Ampliação

“Agora estamos lançando uma versão beta, que posteriormente será ampliada e otimizada para solucionar o maior número de problemas possíveis”, explicou o diretor técnico da Agência Curitiba de Desenvolvimento, Tiago Francisco da Silva.

Com o aplicativo, o usuário pode agendar o atendimento na unidade de saúde. Após isso, se houver necessidade, será marcada a consulta médica ou feito o encaminhamento adequado, seja para exame ou atendimento com a equipe de enfermagem. Este processo de atendimento faz parte do modelo de atenção básica adotado na saúde pública no Brasil, que racionaliza recursos e profissionais, para atender a população de maneira eficiente e suficiente.

Além do aplicativo, o usuário que quiser poderá continuar a ser atendido diretamente na unidade de saúde, como já faz hoje. Mas o aplicativo será uma alternativa para ajudar a diminuir as filas da madrugada nos postos de saúde. No futuro, estará disponível nos totens em Ruas da Cidadania, dos terminais de ônibus, de praças e postos de saúde.

Presenças

Participaram o vice-prefeito Eduardo Pimentel, o administrador da Regional Portão, Gerson Gunha, o líder comunitário Edson do Parolin, os vereadores Mauro Bobato e Maria Letícia Fagundes e as lideranças do Distrito Sanitário do Portão e da unidade de saúde. As crianças que estavam na unidade foram presentadas com ovos de chocolate.