Apostar na inovação é confiar na juventude, diz Greca ao lançar o Vale do Pinhão

O prefeito Rafael Greca lançou oficialmente Nesta quinta-feira (23/3) o projeto Vale do Pinhão, de incentivo às empresas inovadoras, e rebatizou o antigo Moinho Rebouças, núcleo do projeto, como Engenho da Inovação.

A cerimônia foi aberta ao som de clássicos do choro, apresentados pelo grupo Julião Bohêmio e Convidados. Em seguida, Greca assinou o decreto implementando o Vale do Pinhão no Engenho da Inovação, novo nome do antigo moinho da família Fontana, no bairro Rebouças, onde também está sediada a Fundação Cultural de Curitiba (FCC). O documento também foi assinado pela primeira-dama Margarita Sansone, pelo deputado federal Luciano Ducci, pelo vice-prefeito e Secretário de Obras Públicas e Infraestrutura, Eduardo Pimentel, pelo presidente da Agência Curitiba de Desenvolvimento, Frederico de Lacerda, pelo presidente do Ippuc, Reginaldo Reinert, pelo secretário municipal da Comunicação Social e presidente da FCC, Marcelo Cattani, pelo presidente da Fecomércio, Darci Piana, e pelo o vice-presidente da Fiep, Hélio Bampi.

Na sequência do evento foi apresentado o mapa do Vale do Pinhão. Autografado pelo prefeito, ele será guardado na Fundação Cultural como um marco do lançamento do projeto. Greca também ressaltou três tópicos importantes da gestão: valorizar as tradições da cidade, que tem a primeira universidade pública do Brasil, salvar o serviço público e superar a crise “com a luz que brota na inovação”. “Apostar no ecossistema da inovação é confiar na juventude”, ressaltou Greca.

O secretário Marcelo Cattani entregou ao prefeito um tijolo histórico do antigo moinho, homenagem proposta pelos funcionários da Fundação Cultural de Curitiba. O diretor-técnico da Agência Curitiba de Desenvolvimento, Tiago Francisco da Silva, também participou do evento. A agência é a coordenadora do Vale do Pinhão. “É um grande projeto que o prefeito, de forma visionária, enxergou e o Tiago Francisco concebeu, para que todos transformemos em bons pinhões. O engenheiro Rafael Greca, que tanto construiu Curitiba, nos permite dar um salto para o futuro”, ressaltou Cattani.

Tiago Francisco da Silva fez a apresentação dos principais tópicos do Vale do Pinhão, ressaltando a vocação para a inovação e o desenvolvimento de tecnologias para melhorar as cidades e o serviço público. “Temos gente preparada para buscar as melhores soluções para a cidade. Curitiba é campo de teste para grandes marcas, deu certo aqui, dá certo em qualquer lugar. Aliado a isso, temos um cenário de 88% dos universitários querendo empreender, é um grande campo a ser explorado”, ressaltou Tiago.

O prefeito citou como exemplo de inovação na cidade o Farol do Saber, primeira lan house pública do País, que na década de 1990 já conectava os curitibanos com o mundo via fibra ótica. “A cultura, como dizia Darci Ribeiro, é um pássaro e assim como os pássaros tem duas asas, uma é a tradição e outra é a inovação. Então agora vamos levantar voo para Curitiba, buscar as coisas do alto das araucárias, luz dos pinhais”, disse Greca.

Cenário da inovação

O projeto do Vale do Pinhão terá como sede o Moinho Rebouças, que nesta quinta-feira foi rebatizado como Engenho da Inovação. Um área total de 1.600 metros começa a se transformar com uma estação de bikes elétricas instaladas no térreo e iluminação cênica fotovoltaica, alimentada pela luz do sol, montada nas arcadas laterais do prédio.

A iluminação inovadora será apresentada nos dias 1º e 2 de abril no evento Conecta Engenho, com palestras e encontros sobre empreendedorismo e inovação, aliado a uma grande feira gastronômica. Já as bicicletas elétricas instaladas no Vale do Pinhão vão compor uma rede de ciclomobilidade compartilhada. O projeto já aprovado e será instalado nas próximas semanas na cidade.

Participaram da cerimônia os vereadores Serginho do Posto, Mauro Bobato, Kátia dos Animais, Ozias Moraes e Goura; os secretários municipais de Abastecimento, Luiz Gusi, do Urbanismo e Assuntos Metropolitanos, Marcelo Ferraz, do Meio Ambiente, Sergio Tocchio, e da Educação, Maria Silvia Bacila; o presidente do Imap, Alexandre Jarschel; a presidente do ICS, Dora Pizzatto; a presidente da FAS, Larissa Marsolik; os coordenadores municipais de Igualdade Racial, Adegmar José da Silva (Candieiro), e de Diversidade Sexual, Alan Johan; e lideranças da Copel, da Regional Matriz, do Sebrae, da Fomento Paraná, do Banco do Brasil, do Solar do Rosário, da UTFPR, do Parque do Software de Curitiba, do Centro Brasil Design, da Fator Tecnologia Inteligência e Inovação, da Cubo Tecnologia, da Amcham Brasil Curitiba, da Smart Parana e do Conseg Rebouças.

Vale do Pinhão

O projeto é dividido em 21 ações e 4 grandes tópicos:

Inovação na Prefeitura

  1. Experimenta Curitiba
  2. Feira de Soluções para a Cidade
  3. Cidadão e Funcionário Inovador
  4. Bando de Oportunidades para Curitiba
  5. Busca de Soluções para Curitiba

Crescimento

  1. Curitibinhas Inovadores
  2. Inovação na Comunidade
  3. Inova Universitários
  4. Inovação nas Empresas
  5. Curitiba – Cidade das Startups
  6. Lei de Inovação
  7. Fundo Municipal de Inovação
  8. Conselho Municipal de Inovação

Internacionalização

  1. Eleva Curitiba
  2. Conexão Internacional
  3. Treinamento e Capacitação para Inovação
  4. Vale do Pinhão na WEB
  5. Engenho da Inovação
  6. Agenda do Vale do Pinhão
  7. Coworkings Municipais
  8. Inovação e Cultura