Créditos: Marco Oliveira/Site Oficial

Atlético e Flamengo empatam

Após os dois jogos pela Conmebol Libertadores Bridgestone, Atlético Paranaense e Flamengo voltaram a se enfrentar, desta vez pelo Campeonato Brasileiro. No Caldeirão, pela terceira rodada do torneio, empate em 1 a 1. 
 
O time carioca abriu o placar no primeiro tempo, com Mancuello. O Furacão empatou na segunda etapa, com gol de Thiago Heleno. O Atlético volta a campo na próxima quarta-feira (31), pela Copa do Brasil. O adversário será o Santa Cruz, às 19h30.
 
 
O jogo
 
O primeiro tempo terminou com vitória parcial do Flamengo, por 1 a 0. Porém, o time atleticano dominou o jogo e teve diversas chances de gol.
 
Aos 11 minutos, Grafite protegeu a bola e tocou para Pablo. O atacante bateu cruzado e bola passou à esquerda do gol de Muralha. Dois minutos depois, Pablo tabelou com Rossetto e tocou para Nikão. De direita, o camisa 11 arriscou de fora da área e o goleiro fez a defesa.
 
Na única chance de ataque, aos 24 minutos, o Flamengo marcou o gol. Após cruzamento da direita, Mancuello entrou no meio da zaga e desviou de cabeça.
 
Mesmo atrás no placar, o Furacão continuou melhor e pressionando. Um minuto depois de sofrer o gol, Pablo cruzou da esquerda e Nikão cabeceou no travessão.
 
O Rubro-Negro chegou bem com Grafite. Aos 31 minutos, o atacante recebeu na intermediaria, avançou e finalizou. Muralha colocou para escanteio. Aos 40 minutos, Grafite dominou na área, driblou o zagueiro e bateu no canto. A bola acertou a trave do Flamengo.
 
Para a segunda etapa, Eduardo Baptista fez a primeira alteração, com Douglas Coutinho no lugar de Nikão. Mas a primeira boa chance foi do Flamengo. Aos nove minutos, Guerrero tentou de cabeça e Weverton fez ótima defesa.
 
No lance seguinte, o Furacão empatou a partida. Douglas Coutinho fez jogada individual e ganhou o escanteio. Na cobrança, feita por Matheus Rossetto, Thiago Heleno subiu mais do que a zaga adversária e marcou de cabeça. 1 a 1 no Caldeirão.
 
Aos 30 minutos, o Atlético Paranaense quase marcou o segundo. Douglas Coutinho aproveitou lançamento longo, dominou e finalizou rasteiro. Muralha conseguiu fazer a defesa.
 
O Furacão seguiu em busca da virada. Aos 37 minutos, Ederson recebeu na esquerda, puxou para o meio e bateu de fora da área. O goleiro do Flamengo defendeu. No rebote, a defesa afastou. E o placar terminou mesmo em 1 a 1.
 

O primeiro jornal de Curitiba com conteúdo em Realidade Aumentada.