Créditos: Fabio Wosniak/Site Oficial

Atlético empata com a Chapecoense

O jogo
 
O Furacão dominou toda a partida, tentando furar a retranca da Chapecoense. Na primeira etapa, logo aos quatro minutos, Fabrício cobrou falta e Thiago Heleno tentou de cabeça, mas o impedimento havia sido marcado.
 
Aos 10′, Nikão escorou e Lucho González bateu à direita. Cinco minutos depois, o time catarinense teve seu único lance de perigo. Thiago Heleno e Jonathan evitaram o gol.
 
Depois disso, o Rubro-Negro criou mais quatro oportunidades. A primeira surgiu aos 20′, com Sidcley, que cabeceou para fora. Aos 39′, Jonathan encontrou Thiago Heleno na área, mas a cabeçada do camisa 44 parou em Jandrei.
 
Fabrício, em cobrança de falta, e Guilherme, de bicicleta, tentaram abrir o marcador, mas pararam no goleiro e na defesa adversária.
 
No início do segundo tempo, o Rubro-Negro parou novamente no goleiro da Chapecoense. Primeiro com Nikão, que recebeu de Sidcley e tentou de voleio, logo aos nove minutos. Aos 12′, foi a vez de Wanderson tentar de cabeça. Após bola trabalhada, Sidcley cruzou para o zagueiro ganhar no alto, mas Jandrei salvou.
 
A última tentativa foi aos 49′. Depois de cobrança de falta de Felipe Gedoz, o lateral-esquerdo Fabrício cabeceou, mas por cima do gol.
 

O primeiro jornal de Curitiba com conteúdo em Realidade Aumentada.