Créditos: Fabio Wosniak e Marco Oliveira/Site Oficial

Atlético Paranaense é superado pelo San Lorenzo

Pela quinta rodada da fase de grupos da Conmebol Libertadores Bridgestone, o Atlético Paranaense recebeu o San Lorenzo. No estádio atleticano, o time argentino venceu por 3 a 0 e chegou aos mesmos sete pontos do Furacão.
 
Na última rodada do Grupo 4, o Rubro-Negro enfrenta a Universidad Católica, no Chile. San Lorenzo e Flamengo fazem o outro jogo da chave, na Argentina.
 
O jogo
 
Na primeira metade da partida, o Furacão teve o controle do jogo, enquanto o time argentino explorava as jogadas de contra-ataque em velocidade. Aos 10 minutos, Blandi tentou chute de fora da área, por cima do gol de Weverton.
 
Aos 13 minutos, o San Lorenzo abriu o placar. Após escanteio, os argentinos trocaram passe na direita e cruzaram na área. Na segunda trave, Paulo Díaz aproveitou e marcou o gol de cabeça.
 
A melhor jogada atleticana veio aos 20 minutos, Rossetto aproveitou rebote da zaga, dominou na entrada da área e soltou a bomba. A bola foi à direita do gol do San Lorenzo. O Rubro-Negro ainda chegou com perigo em cobranças de falta, tanto frontal, quanto lateral.
 
Para o segundo tempo, Paulo Autuori fez duas alterações. Felipe Gedoz e Pablo entraram nos lugares de Douglas Coutinho e Matheus Rossetto. E a primeira boa chance atleticana veio aos cinco minutos. Nikão dominou na direita e inverteu o jogo. Sidcley driblou e chutou curzado, na rede pelo lado de fora.
 
Aos oito minutos, Nikão recebeu na intermediaria, avançou e chutou forte. A bola passou muito perto do gol. O San Lorenzo se fechou ainda mais e o Furacão voltou a chagar bem aos 20 minutos, em cobrança de falta de Gedoz.
 
Mas dois minutos depois, o time argentino ampliou. Belluschi chegou bem pela direita e cruzou na área. O atacante Blandi completou de cabeça. Depois disso, o San Lorenzo marcou ainda aos 46 minutos, com Botta e fechou o placar em 3 a 0.
 

O primeiro jornal de Curitiba com conteúdo em Realidade Aumentada.