Créditos: Fabio Wosniak/Site Oficial

Atlético Paranaense supera o Londrina nos pênaltis e está na final do Estadual

Londrina (PR) – O Atlético Paranaense está na final do Campeonato Estadual. Com um time mais jovem, o Rubro-Negro superou o Londrina nos pênaltis, por 5 a 3, após a vitória do LEC no tempo normal, por 2 a 1. O gol atleticano no Estádio do Café foi marcado por Renan Paulino.

O adversário na decisão do Campeonato Estadual será o Coritiba, que superou o Cianorte na outra semifinal, também na tarde deste domingo (23). Os confrontos estão previstos para os dois próximos fins de semana.

Antes da final, o Rubro-Negro entra em campo pela Conmebol Libertadores Bridgestone. A partida contra o Flamengo, válida pela quarta rodada da fase de grupos do torneio continental, está marcada para às 21h45 da próxima quarta-feira (26), no estádio atleticano.

LEC abre o placar na primeira etapa

O Atlético Paranaense entrou em campo no Estádio do Café com uma equipe mais jovem. Os atletas que enfrentam o Flamengo, pela Conmebol Libertadores Bridgestone, não viajaram ao Norte do Estado.

As primeiras chances do jogo vieram com o time da casa, em faltas próximas à área. Aos dois minutos, o desvio do ataque passou sem perigo, à direita de Santos. Quatro minutos depois, a cobrança foi direto pela linha de fundo.

O LEC tentava pressionar. O sistema defensivo atleticano, no entanto, estava bem posicionado e neutralizava as principais chances.

A primeira finalização do Furacão foi aos 15 minutos. Após jogada de Crysan, na entrada da área, o Luiz Otávio pegou a sobra e finalizou. O goleiro César praticou a defesa.

O Londrina respondeu três minutos depois, em chute cruzado. Santos praticou defesa segura.

Aos 26’, o goleiro Santos praticou grande defesa e evitou a abertura do marcador. O camisa 1 espalmou desvio de Paulo Rangel, na área atleticana.

Aos 38 minutos, Paulo Rangel não desperdiçou cruzamento da esquerda e marcou de cabeça. 1 a 0 para o time da casa.

Furacão diminui no final e decisão vai para os pênaltis

No início da segunda etapa, o time da casa ampliou o marcador. Celsinho bateu cruzado, da direita, e fez 2 a 0 para o Londrina.

Em desvantagem, o Rubro-Negro foi ao ataque. Aos 13’, Matheus Anjos cobrou falta da esquerda, fechada. A zaga do LEC fez o corte.

O Londrina respondeu no minuto seguinte, com um chute no travessão de Paulo Rangel.

O Furacão seguiu em busca do gol, que levaria para os pênaltis. Aos 26 minutos, Yago pegou a sobra na área do time da casa, pela esquerda, e finalizou rasteiro. O goleiro César praticou a defesa.

Aos 35’, o gol do Rubro-Negro saiu. Luis Henrique recebeu belo passe na área, pela direita, e cruzou rasteiro. João Pedro dominou na segunda trave e viu a chegada de Renan Paulino, que completou para as redes! 2 a 1.

Com o resultado, a decisão da vaga foi para os pênaltis.

Furacão converte todas as penalidades e se classifica!

Nos pênaltis, os jogadores rubro-negros mostraram categoria e converteram todas as cobranças. Rafael Cava, do LEC, desperdiçou. A bola bateu na trave direita, após desvio de Santos.

Coube ao atacante Luis Henrique, com tranquilidade, cobrar a última penalidade e classificar o Furacão!

Pênaltis

João Pedro converte. 1 a 0!

Paulo Rangel empata. 1 a 1.

Goleiro para um lado e bola para o outro. Nicolas faz o segundo. 2 a 1.

Ícaro deixa tudo igual. 2 a 2

Com categoria, Yago faz o terceiro. 3 a 2.

Marcinho empata novamente 3 a 3.

Gustavo Cascardo converte. 4 a 3.

Rafael Gava cobra rasteiro, no canto direito. Santos toca na bola e ela para na trave! 4 a 3.
Com tranquilidade, Luis Henrique classifica o Atlético! 5 a 3!

Fonte: Site oficial do Atlético Paranaense

O primeiro jornal de Curitiba com conteúdo em Realidade Aumentada.