Atlético sofre virada nas oitavas da Copa do Brasil
Créditos: Miguel Locatelli/Site Oficial

Atlético sofre virada nas oitavas da Copa do Brasil

O Atlético Paranaense recebeu o Cruzeiro pela a partida de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, na noite desta quarta-feira (16), no Caldeirão. De virada, o Rubro-Negro foi derrotado por 2 a 1.
As equipes voltam a se enfrentar daqui a dois meses, no dia 16 de julho [segunda-feira], em Belo Horizonte, para definir quem avança às quartas de final do torneio.
O jogo
A partida começou com leve domínio do Cruzeiro, nos primeiros cinco minutos, mas sem muita efetividade. O Furacão equilibrou rápido a partida e criou a melhor chance com Rossetto, aos 12 minutos. Ele fez a finta e arriscou de fora da área. Fábio colocou para escanteio.
Depois, foi com Carleto que o Rubro-Negro assustou. Ele pegou a sobra de bola na esquerda e bateu de perna direita. O goleiro fez a defesa.
A resposta veio dois minutos depois. Robinho recebeu cruzamento da esquerda e desviou por cima do gol.
Aos 34’, Robinho bateu forte de fora da área e Santos fez grande defesa.
Cinco minutos depois, uma confusão. Thiago Heleno cabeceou após cobrança de escanteio e a bola tocou no braço do defensor e saiu. O árbitro não ia marcando nem o escanteio, mas depois de reclamação dos jogadores atleticanos ele voltou atrás marcou o tiro de canto.
Aos 41’, o Furacão abriu o placar. Raphael Veiga sofreu falta e Carleto foi para a cobrança… Era de longe e o camisa 26 mandou a bomba no canto esquerdo de Fábio. Um golaço para abrir o placar!
Aos 44’, Carleto cobrou falta da direita, Thiago Heleno mandou de cabeça para o meio da área e José Ivaldo completou para o gol. A arbitragem marcou o impedimento do zagueiro atleticano.
No último minuto da primeira parte, De Arrascaeta fez boa jogada, invadiu a área e bateu em cima do goleiro Santos, que saiu bem para fazer a defesa.
A segunda etapa começou com o Furacão em cima. Depois de boa troca de passes, Pavez recebeu no bico da grande área e bateu para o gol. Fábio colocou para escanteio. Na cobrança, Pablo desviou de cabeça e a bola saiu ao lado.
Sassá teve chance aos 12’. Ele recebeu cruzamento e tocou de cabeça por cima.
Aos 34’, Henrique bateu de longe, a bola desviou em Thiago Heleno e foi fora do alcance de Santos. 1 a 1.
Já nos acréscimos, Raniel marcou para os visitantes. 2 a 1.

O primeiro jornal de Curitiba com conteúdo em Realidade Aumentada.