Wallace não deu espaços para Ramon. Artur Dallegrave

Castigo no Fim

Um gol nos acréscimos e o Paraná Clube sofreu a primeira derrota no Campeonato Brasileiro da Série B. Após sair na frente, o Tricolor permitiu a virada do Juventude e perdeu por 2×1, na noite deste sábado (27), em Caxias do Sul. Num gramado em péssimas condições, o time não conseguiu impor a sua melhor condição técnica. Na bola parada, o time gaúcho levou a melhor.

No início do jogo, o Paraná partiu para a pressão, mesmo fora de casa. Por duas vezes, teve a chance real para abrir o marcador. Aos 4 minutos, Assis acertou a trave, na sobra, Matheus Carvalho bateu, o goleiro pegou e Robson cabeceou para fora. Aos 12, um lance parecido. Minho bateu para a defesa de Matheus Cavichioli, na sobra, a zaga tirou o arremate de Matheus Carvalho e Robson finalizou pela linha de fundo.

O Juventude se limitou a uma chance de Tiago Marques, pra fora, depois de jogada em que Brock foi traído pela poça d’água. No segundo tempo, os donos da casa se lançaram mais à frente, mas sempre na dependência da bola parada para levar perigo à meta de Marcos. Aos 8 minutos, Leílson, em cobrança de falta, acertou a trave. A reação do Paraná foi fulminante. Aos 12 minutos, Felipe Alves tocou para Robson e acompanhou a jogada. Pegou a sobra e mandou no canto direito: 1×0.

O resultado colocava o Paraná na liderança da competição. Mas, só dois minutos depois o Juventude empatou. Na falta cobrada por Leílson, Assis tentou cortar e marcou contra. Buscando a vitória, os treinadores partiram para as mudanças. Aos 34, Juninho acertou a trave. Logo depois, Alex Santana tocou para Biteco, que bateu de primeira para uma grande defesa de Matheus. Marcos ainda fez uma grande intervenção aos 44, em cabeceio de Diego Felipe. Mas, aos 47, o atacante pegou uma sobra em cobrança de escanteio e bateu para o gol vazio: Juventude 2×1.

Fonte: Site oficial do Paraná Clube

O primeiro jornal de Curitiba com conteúdo em Realidade Aumentada.