Cerca de 18 mil estudantes brasileiros participarão de avaliação internacional

O Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa) vai avaliar cerca de 18 mil alunos no Brasil entre os dias 2 e 30 de maio. As provas serão aplicadas a estudantes de 15 anos, de mais de 80 países, nascidos no ano de 2002 e matriculados a partir do sétimo ano do ensino fundamental.  

Os resultados irão produzir indicadores que servirão de base para a discussão da qualidade da educação nos países participantes. Eles também vão permitir a comparação da atuação dos estudantes e do ambiente de aprendizagem entre diferentes países. A divulgação dos dados será em 2019.

Aqui, a amostra definida pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) contempla até 33 estudantes de cada uma das 661 escolas brasileiras, públicas e particulares, escolhidas.  

Neste ano, o foco do Pisa é a leitura. Os estudantes farão as provas por computador e responderão a questões sobre matemática e ciências. O programa ainda coleta informações contextuais por meio de questionários aplicados aos estudantes, professores e diretores. Dessa vez, os pais dos estudantes também responderão um questionário.