Começa a primeira etapa da construção da trincheira da Mário Tourinho

Os motoristas que passam pelo Seminário já encontram equipes trabalhando nas primeiras etapas da construção da trincheira da Avenida Nossa Senhora da Aparecida com a Rua General Mário Tourinho. Na tarde desta segunda-feira (17/9), equipes de topografia demarcaram o cruzamento no trecho em que os trabalhos serão feitos, numa extensão de 690 metros, pela Mário Tourinho.

Também estão sendo retirados o canteiro do cruzamento das ruas Major Heitor Alencar Guimarães, Vicente Machado e Mário Tourinho e parte da ilha da Vicente Machado no mesmo ponto. A alteração é necessária porque o trecho fará parte de uma das opções de desvio para os veículos que trafegam nessa região.

Nesta fase, os bloqueios necessários no trânsito são feitos pelo consórcio responsável pela obra, formado pela TCE Engenharia e a Construtora Triunfo. A via é liberada tão logo cada serviço é concluído.

Sinalização

Além da demarcação da área da obra e das adequações geométricas necessárias nas ruas que serão utilizadas para os desvios, começará a ser implantada a sinalização das alterações do trânsito e feita a relocação dos muros frontais dos imóveis da Rua Mário Tourinho que serão atingidas pelas obras.

Nas próximas semanas quem passar pela região perceberá a intensificação das equipes que estarão trabalhando na construção da trincheira. Os bloqueios das vias e adoção dos desvios na região só serão adotados quando tudo estiver pronto para o início das escavações da trincheira, o que deve ser feito em outubro.

O semáforo do cruzamento da Avenida Sete de Setembro com a Rua Rodrigues Alves, que ajudará a organizar o trânsito no Seminário, já está em funcionamento. Não é permitido estacionar neste trecho da Rua Rodrigues Alves.

O que será feito

As obras previstas incluem terraplenagem, drenagem, remanejamento de rede elétrica, construção da trincheira em desnível, pavimentação, sinalização, iluminação, e paisagismo.

Quando a trincheira for concluída, quem estiver na movimentada Rua Mário Tourinho, ao trafegar neste cruzamento, vai passar por baixo da Avenida Nossa Senhora Aparecida.

A nova trincheira vai aumentar a capacidade de escoamento dos veículos, eliminando os pontos de conflito. Com isso será ampliada a capacidade e a velocidade da Linha Direta Inter 2 (ligeirinho) e do Interbairros II, que juntas transportam 150 mil passageiros por dia. A expectativa é de que 41 mil veículos passarão pela Mário Tourinho. Na Nossa Senhora Aparecida, o cálculo é de que serão 15,6 mil veículos diariamente.

O investimento será de R$ 12,4 milhões e os recursos virão do Ministério das Cidades, por meio do Programa de Mobilidade Urbana e Transportes (Caixa Econômica Federal).

Os trabalhos serão acompanhados pelo Departamento de Pavimentação da Secretaria Municipal de Obras Públicas e têm duração prevista de 300 dias.