Comissão de Incentivo ao Esporte aprova 360 projetos que irão dividir R$ 2,9 milhões

Comissão de Incentivo ao Esporte aprova 360 projetos que irão dividir R$ 2,9 milhões

A Comissão de Incentivo ao Esporte da Prefeitura de Curitiba aprovou 360 projetos, de 454 inscritos, para receber recursos previstos na Lei Municipal de Incentivo ao Esporte. Os projetos aprovados, de 29 modalidades esportivas, irão dividir R$ 2,965 milhões, recursos vindos de descontos do IPTU das entidades incentivadoras.

Atletas e entidades contempladas têm até 4 de março para conhecer a lista de projetos selecionados. Os proponentes devem comparecer na sede na Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude (Rua Solimões, 160, São Francisco) para conhecer o resultado.

Protocolados no fim do ano passado, os projetos passaram por detalhada análise por parte da Comissão de Incentivo ao Esporte, que levou em conta o currículo do atleta e a apresentação de documentação específica.

“Os critérios para deferir os projetos são essencialmente técnicos. Se o proponente não demonstrar que o projeto tem capacidade de execução, não é aprovado”, explica o diretor do Departamento de Incentivo ao Esporte e Promoção Social, Antônio Candido de Medeiros Júnior.

A Comissão de Incentivo ao Esporte é formada por representantes da Associação das Federações Desportivas Amadoras do Paraná (AFEDAP), de atletas e paratletas, Câmara Municipal de Curitiba, Secretaria Municipal do Esportel Lazer e Juventude, Sindiclubes e Procuradoria Geral do Município.

Neste ano houve um aumento qualitativo dos projetos inscritos em busca de recursos. “A política de atendimento pretende incentivar atletas, paratletas, técnicos esportivos e paradesportivos, assim como entidades sem fins lucrativos de natureza esportiva, com acompanhamento constante da equipe técnica do nosso departamento, desde o protocolo do projeto até a prestação final de contas”, explica o diretor do Departamento de Incentivo ao Esporte e Promoção Social, Antônio Candido de Medeiros Júnior.

Como funciona

A Lei de Incentivo ao Esporte, criada em 2002, é referência nacional de esporte e nestes 14 anos de existência atendeu mais de 12 mil projetos esportivos, em diversos segmentos. Entre os projetos contemplados, destacam-se os dos atletas olímpicos Henrique Rodrigues e Athos Schwantes e dos paratletas olímpicos Claudiomiro Segatto e Maria Luiza Passos.

O Incentivo ao Esporte de Curitiba é regulamentado por meio do Decreto Municipal nº 1133/2013, de 27 de agosto de 2013. Os atletas recebem ajuda através de um incentivador, que deve ser uma entidade civil sem fins lucrativos ou clube social, ter um imóvel cadastrado em seu nome e não pode estar em débito com a Prefeitura de Curitiba.

O investidor tem um desconto significativo no IPTU, de 66,66% – os 33,34% restantes do imposto devido são revertidos diretamente para os projetos aprovados pela Lei de Incentivo. A entidade pode ser de qualquer natureza, não precisando ser direta ou indiretamente ligada ao esporte. Podem participar clubes, associações, conselhos, confederações, federações, sindicatos, institutos, ONGs e fundações.

Os interessados em serem incentivadores podem entrar em contato com a SMELJ pelo telefone 3350-3747, ou pelo e-mail incentivoaoesporte@smelj.curitiba.pr.gov.br

A lei também atende novas promessas do esporte com o esgrimista Alexandre Camargo e a ginasta Barbara Domingos, jovens atletas que têm alcançado resultados nacionais e internacionais.

 

Resultados Lei de Incentivo ao Esporte

Divulgação: no Departamento do Incentivo ao Esporte (SMELJ), Rua Solimões, 160, São Francisco.

Data: de 22 de fevereiro a 04 de março

Horário: das 8h às 12h e das 14h às 18h