A Comunicação Energética-emocional do Corpo

O nosso organismo é uma grande rede conectada.

A Medicina Chinesa percebe que cada órgão do nosso corpo tem uma matriz emocional, ressoa em nível energético com uma emoção, sente e é afetado por uma emoção. Essa sensação é enviada para o coração, o coração administra essa emoção e através de um canal a envia para o cérebro e assim expressamos uma ação.  O equilíbrio da ação depende da saúde e equilíbrio dos órgãos e da limpeza desses canais.

Baço e Pâncreas: Firmeza e intelecto

Está relacionado com:  Reflexão, senso de responsabilidade, intelecto, análise e praticidade.

Desequilíbrio: Preocupação, excesso de pensamentos, cansaço mental, falta de iniciativa, obsessão, insegurança, ansiedade, desequilíbrio na solicitude consigo e com os outros.

Equilíbrio: Mente serena, calma e lógica. Pessoa firme, estável e agradável, que seja solidária, solícita e carinhosa consigo e com os demais sem invadir a vida do outro.

Pulmões: Desapego e introspecção

Está relacionado com:  Desapego, introspecção, senso do que é essencial, senso do que é ilusão e solitude.

Desequilíbrio: Tristeza, apatia, melancolia, pesar, apego, lamentações excessivas, viver no passado, solidão, dificuldade de criar laços e se relacionar, dificuldade de expressar as mágoas, dificuldade em terminar relacionamentos e desapegar.

Equilíbrio: Desprender-se do passado, permitir o desapego, adquirir sabedoria e aprender a crescer a partir de cada relacionamento ou vínculo afetivo. Participar e fluir com a vida, formando novos laços e relacionamentos sem ficar bloqueando por medo de perder ou sofrer. Encarar suas mágoas e externar emoções de maneira equilibrada, compreendendo que todos têm mágoas e aflições.

Rim: Força de vontade e confiança

Está relacionado com: força de vontade, foco, confiança, determinação, iniciativa, crescimento, força interior, fé na vida e em si.

Desequilíbrio: Medo, pânico, desconfiança, perda da vontade de viver, perda do respeito pela vida, dificuldade em começar ou terminar tarefas, falta de vontade, fraqueza, percebe tudo mais difícil e inatingível, insegurança, afobação e imprudência, baixa autoestima e sentimento de fracasso.

Equilíbrio: Vontade firme considerando a si mesmo e os outros, coragem sem imprudência diante perigos e dificuldades. Força interior, fé em si mesmo e confiança na vida.

Fígado: Aceitação e compreensão

Está relacionado com: Intuição, capacidade de planejar, de decidir e escolher, impulso, ação, criatividade, tolerância, coragem e discernimento.

Desequilíbrio: Raiva, irritação, magoa, ressentimento, frustação, sentimento constantemente de pressão, oscilação de humor, impaciência, dificuldade em planejamento e logística, insegurança, dificuldade em criar estratégias, dificuldade em tomar decisões.

Equilíbrio: Cultivar a paz interior. Confiar na própria intuição, compreender seu proposito na vida, paciência e compreensão no tempo de desenvolvimento de cada um e cada coisa. Forte, independente e calmo, suave.  Em harmonia com a vida e escolhas das outras pessoas.

Coração 

É onde habita a consciência e o amor.

O Coração é a casa das emoções, para elas serem bem recebidas e administradas, é preciso que a casa esteja bem cuidada, arrumada e limpinha.

Todas as emoções têm suas funções a favor da nossa sobrevivência, proteção, crescimento e desenvolvimento, o equilíbrio está em se aliar e compreender essas funções, e não deixar as emoções nos dominar, se intensificar e se prolongar demais.

Os terapeutas e as artes terapêuticas de cura como a Acupuntura e Reiki, criam condições para essa compreensão, agem equilibrando as emoções, sentimentos e pensamentos, limpando os canais e otimizando a comunicação, fazendo com que tudo flua de maneira equilibrada e saudável nessa incrível rede de conexões.

Terapeuta acupunturista e proprietária da Estação de Arte e Cura Sereni Gayatri, com o propósito de amparar sua jornada e elevar a consciência.