Confiança do comércio chega ao maior nível em cinco anos

A confiança do empresário do comércio chegou ao maior nível em cinco anos. Para eles, a economia, em 2019, deve melhorar, o que vai permitir gerar mais empregos e a investir mais. Os dados são de pesquisa da Confederação Nacional do Comércio (CNC).

Semelhante a um termômetro, esse indicador tem um pontuação e quanto maior ela é, mais otimista está o comerciante. Esse tipo de indicador é importante porque mede o sentimento dos empresários e pode indicar se e eles estão mais dispostos a investir e a contratar, por exemplo.

Em dezembro, o Índice de Confiança do Empresário do Comércio chegou aos 115,5 pontos, o melhor resultado desde 2013, quando ele estava em 125,5 pontos. Para chegar a essa pontuação, a CNC faz uma ponderação entre outros indicadores. O que mede as condições atuais do comércio, melhorou 3,5% frente a 2017; a de expectativas, cresceu 5,6%; e a de investimentos, 7,6%.

[themoneytizer id=”21651-2″]

 

80 mil novas vagas no comércio

No estudo, a CNC explica que a tendência é de que o setor ajuste o nível de pessoal ocupado à maior velocidade de crescimento das vendas, ou seja, estão esperando um melhor desempenho do comércio no próximo anos para contratar mais. Para 75,2% dos empresários entrevistados, vai ser necessário empregar mais funcionários nos próximos meses. A expectativa é gerar pelo menos 80 mil novas vagas.