Coritiba sofre revés no Mineirão

Na tarde ensolarada deste domingo (25), o estádio Mineirão foi palco da disputa entre Coritiba e Cruzeiro, pela décima rodada do Campeonato Brasileiro. Quem levou a melhor foi o time da casa, que venceu o Coxa pelo placar de 2×0, com gols de Thiago Neves e Rafael Sóbis. O Verdão entrou em campo com Wilson, Léo, Márcio, Werley, William Matheus, Jonas, Thiago Real, Matheus Galdezani (Tomas Bastos), Rildo (Iago Dias), Henrique Almeida (Getterson) e Alecsandro.

“Estávamos bem no primeiro tempo, mas a partir do momento que tomamos o gol, a equipe sentiu e não voltou com a mesma postura. Voltamos do intervalo tentando corrigir, mas não conseguimos envolver a equipe do Cruzeiro. Com as alterações no segundo tempo, melhoramos a questão ofensiva, chegamos mais perto do gol, mas não foi o jogo que gostaríamos e nem perto do que demostramos nas outras partidas”, avaliou o técnico Pachequinho.

Cruzeiro abre o placar com o Thiago Neves

A primeira grande chance do jogo partiu da equipe do Cruzeiro, que dominou grande parte da primeira etapa com muitas finalizações, exigindo bastante da defesa coxa-branca. Logo aos dois minutos, Ariel chutou, do meio da rua, mas a bola foi embora pelo lado esquerdo da trave do goleiro Wilson. Em seguida, a equipe da casa teve outra oportunidade de abrir o placar em cobrança de falta. Robinho cobrou e o lateral coxa-branca Léo desviou de cabeça, com facilidade.

Pela esquerda, Alisson tabelou com Diogo Barbosa. O jogador chegou à linha de fundo e cruzou. Foi Werley quem salvou o Coxa, desta vez, chutando a bola para escanteio. Depois, em cobrança de falta, Robinho mandou a bola, que passou por cima do gol coxa-branca. Aos 12 minutos, em cobrança de escanteio, a bola sobrou para Thiago Neves, dentro da área, mas parou nas mãos do goleiro Wilson. Mais uma bomba do Cruzeiro partiu de Thiago Neves, aos 19 minutos. Ele chutou forte de fora da área e o goleiro coxa-branca voou para defender, no cantinho direito da trave.

O Coritiba começou a reagir por volta dos 20 minutos, em cobrança de escanteio. A partir daqui as chances do Alviverde começaram a aparecer. Tiago Real deixou a bola na cabeça de Werley, que mandou pro gol, mas ela passou por cima. Depois disso, o mesmo Werley livrou do perigo o Coxa, mandando pra escanteio a bola de Diogo Barbosa. O zagueiro coxa-branca, inclusive, teve ótima chance aos 28 minutos, de cabeça. A bola parou no travessão.

Na sequência, o Coxa fez bonita jogada e quase abriu o placar com Tiago Real. Próximo a grande área, Henrique Almeida encontrou Rildo mais aberto na direita e cruzou. O atacante passou para o Tiago, que chutou forte, mas a bola parou no travessão. Em seguida, foi a vez de Alecsandro arriscar o gol. Mas, Caiedo, do Cruzeiro, subiu muito, barrando a bola.

A pesar da reação do Coritiba, o time da casa conseguiu vencer a defesa coxa-branca, aos 37 minutos.  Diogo Barbosa chegou pela esquerda e passou para Thiago Neves. O meio campista conseguiu balançar as redes, chutando de canhota, de fora da área. 1×0 para a Raposa. O Coxa reagiu com Matheus Galdezani, que tentou empatar, chutando rasteiro, depois de receber de Tiago Real. Mas, o goleiro Fábio livrou. Wilson fez ótima defesa em seguida. O atacante Rafael Sóbis ficou de cara com ele, que defendeu o Coritiba.

No segundo tempo, Rafael Sóbis aumenta vantagem para o time mineiro e jogo termina no 2×0

No segundo tempo, o Cruzeiro, assim como no primeiro, começou avançando para a área do Coritiba. Sóbis chutou e Wilson fez bela defesa. No rebote, o Cruzeiro ainda tentou com Robinho, que mandou para fora. O contra-ataque do Coritiba veio depois de cobrança de falta. Tiago Real cobrou e Rildo arriscou. Mas, o goleiro Fábio defendeu. Pela esquerda, Thiago Neves avançou, driblou o marcador e cruzou, de calcanhar para Sóbis. Ele cruzou para Robinho, que tentou fazer o gol também de calcanhar. Wilson fez a defesa.

Aos sete minutos, Wilson brilhou outra vez. Primeiro, defendendo o lance de calcanhar de Robinho. Depois, Ezequiel aproveitou a sobra, chutou, e mais uma vez, o goleiro coxa-branca salvou o time. Aos 15 minutos, Ezequiel tentou, outra vez, aumentar a vantagem do time mineiro. Chutou de fora da área, mas a bola passou pelo canto esquerdo.

Foi aos 20 minutos que o inesperado aconteceu. Wilson correu pro canto esquerdo para tentar defender a chegada de Rafael Sóbis, Mas, o atacante passou pelo goleiro e também por Werley, encontrando o gol vazio e marcou o segundo do Cruzeiro.

Pachequinho faz a primeira alteração da partida aos 25 minutos, colocando Getterson no lugar de Henrique Almeida. Depois, promoveu a entrada de Iago Dias no lugar de Rildo. Aos 31 minutos, Tiago Real, em cobrança de falta, deixou a bola nas mãos do goleiro Fábio. Depois disso, outra alteração: Tomas Bastos no lugar de Matheus Galdezani.

Getterson teve chance de fazer o seu primeiro gol aos 36 minutos, quando o jogador Caicedo recuou para Fábio. A bola sobrou para ele, que não conseguiu finalizar. Tomas Bastos também teve chance de balançar as redes em cobrança de falta, mas a bola passou por cima.

Pelo Cruzeiro, Thiago Neves tentou lançamento para Sassá, mas a bola ficou com o goleiro Wilson. O Coritiba até balançou as redes, no último minuto de jogo, com Alecsandro, que recebeu de Tomas Bastos. Porém, o juiz assinalou o impedimento e o jogo terminou no 2×0.

O próximo compromisso do Coritiba é em casa, no próximo domingo, contra o Vasco, às 19h.

Fonte: Site oficial do Coritiba

O primeiro jornal de Curitiba com conteúdo em Realidade Aumentada.