Coritiba vence o Sport de virada na Ilha do Retiro!

Às 18h deste domingo (29) teve início a disputada partida entre Sport e Coritiba, na Ilha do Retiro, válida pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro, que terminou com vitória coxa-branca, de virada! O primeiro tempo terminou com dois pra cada lado – sendo os do Verdão anotados por Werley e Henrique Almeida, mais uma defesa de pênalti do goleiro Wilson. No segundo, o Sport marcou o terceiro, o goleiro coxa-branca defendeu mais um pênalti e Jonas e Yan Sasse decretaram a vitória do Alviverde. Ambos marcaram pela primeira vez com a camisa alviverde.

Contando com o retorno de Tiago Real, que cumpriu suspensão automática na última partida, e sem poder contar com o alemão Alexander Baumjohann, que sentiu um desconforto muscular no treino da última sexta-feira, Marcelo Oliveira entrou em campo com o seguinte time: Wilson, Léo, Werley, Cleber Reis e Thiago Carleto, Jonas, Alan Santos (Yan Sasse) e Tiago Real, e Iago Dias (Getterson), Rildo e Henrique Almeida (Keirrison).

Com este resultado, o Coritiba deixa, momentaneamente, a zona de rebaixamento, subindo para no 16ª lugar, com 35 pontos. O próximo jogo do Coxa será em casa, no próximo sábado, contra o Avaí, às 21h. 

Primeiro tempo disputado termina com dois gols pra cada lado e defesa de pênalti de Wilson

Logo no primeiro minuto de jogo, depois de falta em Tiago Real, Tiago Carleto cobrou e o goleiro afastou de cabeça. Léo tentou aproveitar a jogada, chutando de longe, mas a bola passou por cima do gol. Porém, cinco minutos depois, a estrela de Werley brilhou.

Carleto cobrou escanteio dando passe certeiro pra que o zagueiro marcasse de cabeça e saísse pra comemorar muito com o time. Logo depois, quase que sai mais um! O que impediu o fato foi a defesa do goleiro Magrão. Foram duas tentativas: Tiago Real desviou a bola, depois de cobrança de falta de Carleto, e o goleiro adversário defendeu. Depois, Cleber Reis aproveitou o rebote, mas, Magrão não deixou a bola entrar.

A equipe adversária reagiu com perigo aos 13’. O jogador Mena cobrou escanteio e Henriquez desviou de cabeça. Dessa vez, foi Wilson quem fez o milagre da defesa. Porém, no rebote, André bateu. Aí o Carleto tirou em cima da linha do gol. Logo em seguida, Rogério chutou de dentro da grande área. Wilson defendeu, mais uma vez.

Aos 24’, na disputa de bola entre Rildo e Samuel Xavier, dentro da grande área, o jogador do Sport acabou caindo. O juiz sinalizou pênalti, mas, Wilson defendeu a cobrança de Diego Souza para a alegria e alívio de toda a nação coxa-branca.

Não demorou muito, entretanto, para que o time da casa deixasse tudo igual no placar com o mesmo Diego Souza, de cabeça. Depois de cobrança de escanteio de Samuel Xavier, ele subiu e acertou o cantinho do gol. Em seguida, Rogério também chegou com perigo, mas Jonas fez o corte.  A esta altura do jogo, o Sport passava a atacar mais em campo, exigindo trabalho da zaga coxa-branca.

Mesmo assim, o Coritiba conseguiu chegar com sucesso no ataque, com Henrique Almeida. Aos 40’, Carleto cobrou falta e quase que Werley marcou o segundo dele no jogo. Porém, Magrão defendeu e a bola acabou sobrando para o camisa 91. Só que não deu muito tempo de comemorar. André, do Sport, acertou o gol de dentro da grande área. Henrique Almeida teve outra grande chance, aos 46’, ao ficar cara a cara com o goleiro, mas este defendeu. Depois, Rogério mergulhou na grande área do Verdão, mas a bola passou rente a trave. Esta primeira etapa muito disputada terminou no 2×2.

Sport marca terceiro com Diego Souza, Wilson defende mais um pênalti e Jonas e Yan Sasse balançam as redes decretando vitória coxa-branca  

O início do segundo tempo diminuiu o ritmo do jogo. O primeiro perigo significativo desta etapa veio do Sport, aos 8’. De dentro da área, André mandou de cabeça, mas a bola passou por cima do gol. Depois, aos 15’, Henriquez arriscou de fora de área, mas a bola subiu de novo. Porém, Diego Souza conseguiu converter em gol, de cabeça a terceira tentativa.

Getterson chegou pela direita com perigo aos 20’, mas a bola passou rente a trave. Depois, Rildo mandou pra grande área, a zaga do Sport cortou e Tiago Real arriscou, mas a possibilidade passou por cima do gol.

Aos 30’, mais um pênalti apontado pelo juiz Leandro Vuaden. Depois de disputa de bola entre Werley e um dos jogadores do Sport, na grande área, o atleta do time adversário caiu. Na cobrança de Diogo Souza, Wilson defendeu mais uma vez!! No rebote, Souza arriscou de novo, mas esta era a noite do goleiro coxa-branca, que não deixou a bola entrar.

Aí o Coxa foi pra cima, logo em seguida. Em cobrança de falta, Carleto mandou uma bomba, que Magrão não consegue segurar. No rebote, Jonas faz o primeiro dele, no cantinho do gol, com a camisa do Coritiba.

O prata da casa Yan Sasse, que havia entrado no lugar de Alan Santos, também teve a chance de marcar o primeiro dele! Em jogada bem pensada de Keirrison, que passou a bola pra ele de peito, para trás, o meio campista aproveitou a chance e bateu no cantinho, decretando a vitória coxa-branca pelo placar de 4×3.

“O importante nesta partida foi não desistir jamais. Mesmo perdendo, a gente acreditava e isso unicamente é fruto de os jogadores estarem empenhados no dia a dia, o que fortalece a esperança do grupo. Agora, vamos focar no nosso próximo adversário, que é o Avaí”, avaliou o técnico da equipe, Marcelo Oliveira.

Wilson, Wilson!

Muito ovacionado pela torcida, ao término do jogo, Wilson comentou que esta foi a primeira vez em que ele defende dois pênaltis em uma mesma partida. “O mérito não é só meu, mas de toda a equipe. Agora, contamos com o apoio dos torcedores no próximo sábado, no Couto Pereira, para mais uma disputa”, disse o goleiro.

fonte: Site oficial do Coritiba

O primeiro jornal de Curitiba com conteúdo em Realidade Aumentada.