Coxa conquista ponto fora de casa

O Coritiba foi ao Maracanã enfrentar o Vasco, na tarde deste sábado (21), na 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. Apesar de ter saído atrás no placar, com um gol contra, o Coxa buscou e conseguiu o empate com um gol de Rildo.

O jogo foi marcado por erros de passes dos dois lados do campo. O Vasco buscou a iniciativa da partida, mas o Coritiba não se deixou abater e conseguiu pontuar fora de casa. Ponto que pode ser ainda mais importante na busca pela reação do Alviverde na competição nacional.

Coxa sai atrás no placar, mas não se abate

Com quase o mesmo time que entrou em campo contra o Cruzeiro, o Coritiba veio somente com uma mudança para a 30ª rodada. Como Tiago Real foi suspenso pelo terceiro cartão amarelo, Matheus Galdezani foi o substituto escolhido para entrar em campo. Assim o Coxa foi para o jogo com Wilson, Léo, Cleber Reis, Werley, Thiago Carleto, Jonas, Alan Santos, Matheus Galdezani, Rafael Longuine, Rildo e Henrique Almeida.

O início do jogo foi de domínio da equipe carioca. Aos 10’, Pikachu arriscou o chute que foi para fora, passando perto do gol de Wilson. O Vasco pressionava e o Coritiba buscava sair nos contra-ataques. No entanto, aos 15’, na cobrança de escanteio de Nenê, Matheus Galdezani tentou tirar e mandou para as redes fazendo o gol contra.

O Coxa seguiu com muitas dificuldades para conseguir atacar e foi deixando o Vasco mandar na partida. Rildo ainda arriscou o chute de fora da área aos 41’. O time carioca, embora com o controle das situações, também não teve boas chances de aumentar o placar.

Coxa busca gol de empate na raça

Na etapa complementar, o Coxa voltou com duas alterações: Baumjohann e Iago Dias entraram nos lugares de Rafael Longuine e Matheus Galdezani. E o Verdão até teve uma chance de empatar logo no comecinho, Iago Dias recebeu o cruzamento e tentou o cabeceio, mas sem sucesso. O Vasco respondeu logo em seguida, com Wellington batendo de fora da área, mas a bola foi para fora. Wilson defendeu o que seria o segundo gol vascaíno em uma bela defesa.

O jogo continuou com poucas chances para os dois lados, com mais facilidade do Vasco chegar ao ataque. Aos 16’, Wilson novamente defendeu o chute de Mateus Vital. Mas aí, o Coritiba surpreendeu e deixou tudo igual no placar.

E foi dos pés de Rildo que o gol saiu. Ele tirou da zaga, limpou a jogada e chutou de pé esquerdo. A bola ainda desviou em Breno e morreu nas redes para comemoração da torcida coxa-branca.

O gol incendiou o jogo e o Verdão buscava ainda mais o ataque. Aos 24’, Rildo tentou o passe em profundidade para Baumjohann, que cruzou para a área, mas a zaga carioca afastou. O Coxa se manteve pressionando e buscando a virada.

Os minutos finais do jogo foram mais agitados do que toda a partida, com as duas equipes buscando mais o ataque. O árbitro deu mais cinco minutos de acréscimo no jogo.

Aos 48’, Breno, do Vasco, foi expulso do jogo. Thiago Carleto cruzou com precisão para a área. Henrique Almeida cabeceou por cima do gol na última chance do Coxa no jogo. Aí, no último minuto, Jonas cometeu a falta perto da área, perigosa. Mas a bola bateu na barreira e a partida terminou com o placar 1 a 1.

 

fonte: Site oficial do Coritiba

O primeiro jornal de Curitiba com conteúdo em Realidade Aumentada.