Coxa deixa a Copa do Brasil

A noite desta quinta-feira (23) não terminou como a nação coxa-branca queria. O Coritiba sofreu um revés do ASA-AL, no Couto Pereira, com o placar de 2 a 0, e deixou a Copa do Brasil.

O jogo

O Coritiba foi para o jogo com mudanças na equipe: Jonas, Kady e Thiago Lopes entraram como titulares, sendo que os dois primeiros fizeram suas estreias no Verdão. Wilson, Werley, Walisson Maia, Juninho, Carlinhos, Jonas, Thiago Lopes, Kady, Neto Berola, Kleber e Henrique Almeida começaram jogando.

Com o novo regulamento, se o jogo desta noite terminasse empatado, a decisão da vaga para a próxima fase da Copa do Brasil seria na cobrança das penalidades. Por isso, o time visitante veio disposto a parar o jogo o quanto pudesse, mas acabou surpreendendo o Coxa.

Desde os momentos iniciais, o árbitro assinalou muitas faltas e as cobranças eram demoradas. O Alviverde chegava perto da área era parado com faltas duras e as cobranças coxas-brancas ficavam na defesa do time alagoano. Aos 32’, Kleber teve chance de abrir o placar em uma dividida com o goleiro Lucas Cetin.

O ASA tentava nas ligações diretas, que, na maioria das vezes, terminavam interceptadas pela zaga alviverde. E no finalzinho do primeiro tempo, o Coritiba acabou levando um castigo. Eron cabeceou e enganou todo mundo abrindo o placar para o ASA-AL.

Segundo tempo

Para o segundo tempo, o Coxa voltou com modificação na equipe, com a saída de Kady e entrada de Iago. Precisando do empate, o Coritiba ficou mais ofensivo na partida.

Aos 9’, Iago arriscou de longe após jogada em velocidade, a bola raspou no travessão e foi por cima do gol. A entrada do camisa 7 movimentou o jogo, dando mais agilidade ofensiva para o Coritiba.

O ASA assustou mais uma vez aos 12’, quando Wilson se esticou todo para defender de mão trocada um chute que ainda bateu no travessão antes de ir pela linha de fundo.

A segunda mudança no Coxa foi a entrada de Fabrício no lugar de Werley, aos 15’. Logo na sequência, Léo Santos substituiu Neto Berola.

A melhor chance do Coxa foi aos 24’, em cobrança de falta. Carlinhos cobrou e Kleber subiu para o cabeceio que passou perto. O jogo já estava desesperador indo para o seu final e o Coritiba arriscava de todas as formas. Mas, o castigo final foi aos 48 minutos, com Leandro Kível, que fechou o placar.

Homenagem

Antes de a bola rolar no Couto Pereira, foi respeitado um minuto de silêncio em homenagem ao torcedor Leonardo Henrique da Rocha Brandão, falecido no último domingo.

Fonte: site oficial do Coritiba