Coxa empata com o Vasco

O Coritiba viu o resultado escapar entre os dedos na noite deste domingo (02), na 11ª rodada do Brasileirão, mandando o jogo na Vila Capanema. Saindo atrás no placar, o Coxa buscou o empate e a virada, com gols de Kleber, mas acabou cedendo o empate à equipe do Vasco. O placar final da partida foi 2 a 2.

O jogo foi truncado, com um grande número de faltas para os dois lados. No primeiro tempo, o Vasco ficou à frente no placar. O Verdão foi atrás, lutou e conseguiu o empate. Já no fim da partida, Kleber fez o segundo dele e do Coxa nesta noite. Mas em uma bobeira, aos 45′, o Vasco deixou tudo igual novamente. 

Vasco sai na frente

Jogando na Vila Capanema, por conta do laudo emitido pela Grasstecno, empresa que realiza a manutenção do gramado do Couto Pereira, que dava conta que o campo do estádio coxa-branca não teria capacidade de utilização neste domingo, o Coritiba foi para o jogo na 11ª rodada do Brasileirão contando com o retorno do atacante Kleber. A comissão técnica do Coxa pôde contar com o artilheiro da equipe após o Departamento Jurídico do clube conseguir o efeito suspensivo junto ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e liberar o jogador. Assim, Pachequinho escalou Wilson, Léo, Márcio, Werley, William Matheus, Jonas, Matheus Galdezani, Tiago Real, Rildo, Kleber e Henrique Almeida.

Com o apito do árbitro, o jogo ficou muito movimentado, principalmente pela velocidade aplicada pelas duas equipes. A primeira chance do Coxa veio aos 11’, com um chute forte de Rildo, de longe, e tirou tinta da trave de Martín Silva. Depois, Rildo tentou novamente e o goleiro espalmou.

Mas o jogo era lá e cá. Tanto que aos 20’, o Vasco abriu o placar com Thalles, de cabeça. O Coritiba sentiu o gol e precisou se reorganizar em campo para buscar as jogadas ofensivas. Junto com a torcida coxa-branca, que compareceu em bom número na Vila Capanema, o Verdão ia tentando se organizar em campo. No fim do primeiro tempo, o Verdão foi para cima novamente.

Aos 34’, quase veio o empate. Matheus Galdezani cruzou na área e Werley subiu mais que todo mundo na área para cabecear para fora. Henrique Almeida também tentou o gol do Coxa aos 38’, mas Martín defendeu. O Vasco ainda tentou ampliar aos 41’, quando Wilson fez boa defesa.

Coxa chega ao empate, vira, mas sofre gol no fim da partida

Para a etapa complementar, o Coritiba voltou diferente, com a entrada de Anderson, que retronou à equipe após período de recuperação, no lugar de Léo. E a partida recomeçou mais pegada, com muitas faltas para os dois lados. Buscando deixar a equipe ainda mais ofensiva e com mais movimentação, o treinador Pachequinho colocou Tomas Bastos no lugar de Jonas.

E deu certo. Aos 19’, Anderson quase empatou, mas Martín Silva defendeu. E aos 21’, veio o gol coxa-branca. Márcio cabeceou para o chão, a bola quicou e voltou para o jogo. Kleber ficou com a sobra e mandou para o fundo das redes deixando tudo igual na Vila Capanema.

O gol do Coritiba incendiou a partida. O técnico do Vasco, Milton Mendes, promoveu duas alterações, com a entrada de Wagner e Eder Luis, nos lugares de Nenê e Mateus Vital, procurando movimentar o time carioca.

Aí aos 32’, a polêmica do jogo. Neto Berola avançava com velocidade pela esquerda quando foi derrubado na entrada da área, por Breno. Os atletas do Coxa pediram pênalti e o árbitro marcou a falta fora da área. Tomas Bastos foi para a cobrança e a bola passou perto, mas foi por cima do gol.

O Coxa quase virou o placar aos 35’, quando Werley só resvalou na bola e ela foi para fora, após cobrança de Tomas Bastos. Nos últimos minutos de jogo, o Coritiba foi para cima querendo a virada.

Em uma bela jogada, Werley mandou para a área, Henrique Almeida tocou para Kleber, que anotou o segundo dele no jogo, virando o placar. Mas a felicidade do Coxa durou pouco. Três minutos depois, o Vasco empatou a partida com Wagner.

Com mais posse de bola e mais finalizações, o Verdão buscou até o apito final, mas não conseguiu o terceiro gol, mesmo empurrado pela torcida coxa-branca que enfrentou o frio e foi para a Vila Capanema.

Próximo jogo

O Coritiba volta a campo no próximo dia 10, na Segunda Campeã, contra o Sport, na 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. Esta partida deve acontecer Couto Pereira, de acordo com a previsão do laudo emitido sobre a manutenção do gramado no estádio. 

Fonte: Site oficial do Coritiba

O primeiro jornal de Curitiba com conteúdo em Realidade Aumentada.