Coxa sofre revés na Vila

Em partida movimentada, com sete gols, Coritiba é derrotado pela Chapecoense

O Coritiba recebeu a Chapecoense na noite desta quarta-feira (01), na Vila Capanema, em partida válida pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. Em um jogo extremamente movimentado, o duelo acabou com vitória da equipe catarinense por 4 a 3.

O próximo compromisso do Coxa na temporada acontece neste fim de semana, no sábado (04), diante da equipe do Corinthians, em São Paulo. O duelo acontece em Itaquera, a partir das 20h30.

Com erro da arbitragem, Chapecoense fica na frente do placar

De baixo de muita chuva e com desfalques importantes, o Coxa foi a campo receber a equipe da Chapecoense na Vila Capanema, em partida válida pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro de 2016. A comissão técnica não pode contar com o lateral direito Ceará, com o meio campista Alan Santos e com o atacante Kleber.

Com a bola rolando, o Coxa conseguiu abrir o marcador rapidamente. Aos nove minutos, Rafael Marques aproveitou cruzamento de escanteio e tocou de cabeça para o fundo das redes. Primeiro gol do defensor com a camisa do Verdão.

A Chapecoense, aos poucos, foi se achando na partida e conseguiu o empate aos 23 minutos. Após jogada rápida, Juninho derrubou Bruno Rangel dentro da área. Pênalti que o próprio Bruno Rangel bateu e converteu.

O time do oeste catarinense cresceu na partida e começou a chegar com muito perigo. Aí foi a vez do goleiro Wilson mostrar grande forma e em pelo menos duas oportunidades fazer defesas incríveis.

Quando a partida seguia equilibrada, entrou em cena a arbitragem do paraibano Pablo dos Santos Alves. Em uma disputa de bola na área, Marcelo tentou dar uma bicicleta e atingiu Rafael Marques. Inexplicavelmente, o árbitro inventou a penalidade para o time catarinense. Bruno Rangel bateu e converteu.

Duelo movimentada acaba com vitórias dos catarinenses

No segundo tempo, o Coxa voltou com duas alterações. Entraram os atcantes Evandro e Vinícius , nas vagas do meio campista Thiago Lopes e do camisa sete Negueba.

Com as alterações, o Coxa passou a ter controle total da partida desde os primeiros movimentos da segunda etapa.  Logo aos cinco minutos, Evandro arrancou em velocidade e fez grande jogada individual, mas, foi travado na hora do chute.

Buscando o empate, Gilson Kleina colocou ainda o meio campista Ruy na vaga do venezuelano Cesar Gonzalez. A alteração deu resultado e deixou o Coxa com mais posse de bola ofensiva, encurralando o time catarinense.

O empate do Verdão  saiu aos 21 minutos de jogo. Juan deu ótimo lançamento para Dodô, o prata da casa cruzou na medida para o paraguaio Ortega, que tocou para o fundo das redes, marcou seu primeiro gol com a camisa do Coxa.

Após empatar o jogo, o Coxa seguiu pressionando o time da Chapecoense. Criou ótima chance pelo lado esquerdo, quando Ruy avançou nas costas da marcação e bateu cruzado, o goleiro Danilo se esticou todo e salvou.

Quando estava próximo de chegar ao terceiro gol, o Coxa foi surpreendido. Após levantamento da esquerda, Bruno Rangel apareceu no alto e tocou de cabeça, colocando a Chapecoense à frente no placar novamente.

No fim, a Chapecoense aproveitou que o time do Coxa foi ao campo de ataque e fez o quarto gol, com o atacante Lucas Gomes que arrancou em velocidade e tocou por cobertura, tirando do goleiro Wilson.

No último lance da partida, o zagueiro Juninho subiu mais alto que a zaga da Chapecoense e descontou para o time coxa-branca, fazendo seu primeiro gol como atleta profissional.

Fonte: Site oficial do Coritiba