Coxa sofre revés no Beira Rio

Esta quinta-feira (06) foi dia de jogo do Coritiba. O time entrou em campo, no Beira Rio, de Porto Alegre, para pegar o Internacional, equipe que lutava para sair da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro.

Entraram em campo com a camisa coxa-branca nesta 29ª rodada da competição os seguintes jogadores: Wilson, Benitez, Luccas Claro (Bernardo), Nery Bareiro, Juninho, João Paulo, Juan, Veiga, Iago (Ortega), Vinícius (Gonzalez) e Leandro.

Na cobrança de pênalti, na etapa complementar, Juan perdeu a oportunidade de abrir o placar para o Coxa. Já o time gaúcho, que teve a mesma chance, conseguiu converter a cobrança em gol, garantindo três pontos na competição.

Primeiro tempo sem gols

Apesar do Internacional ter maior posse de bola no início do primeiro tempo, o primeiro chute a gol veio da equipe do Coritiba, logo os 4’. Raphael Veiga recebeu pela esquerda e arriscou da entrada da área, mas, o goleiro espalmou. Logo em seguida, Juan acabou recebendo cartão amarelo na disputa de bola, abrindo brecha para o time adversário. William fez o levantamento para a grande área, Dourado cruzou e Gustavo Ferrareis voltou a bola para o meio. Para a sorte da nação Alviverde, a conclusão não teve sucesso.

Em seguida, o mesmo Ferrareis arriscou o chute para a grande área e a bola passou pelo lado esquerdo da trave do goleiro Wilson. A segunda grande chance do Coxa na etapa foi com Veiga, outra vez. O piá do Couto aproveitou o rebote e chutou forte, mas, a bola passou por cima das redes.

O 21º minuto do jogo tirou a respiração da torcida coxa-branca por alguns segundos. Ferrareis entrou na grande área e chutou no canto esquerdo da trave Alviverde. O zagueiro Juninho quase que não conseguiu desviar a bola para os fundos. Veiga seguia no jogo com sede de gol e, aos 24’, arriscou de novo. Só que de muito longe e bola acabou indo embora.

A partir daí a partida ficou bastante conturbada, com faltas duras entre os jogadores. Leandro, por exemplo, foi derrubado duas vezes seguidas. Iago também foi derrubado e atendido pela equipe médica em campo. No final deste tempo, quase que o Coxa deixa os gramados na vantagem. Pela direita, César Benítez lançou a bola para Iago de dentro da grande área, mas, o atacante não conseguiu finalizar.

Internacional vence o jogo com gol de pênalti

O segundo tempo foi bem mais movimentado que o primeiro, com jogadas ofensivas das duas equipes. Aos 8’, a bola passou pertinho do canto inferior do goleiro Wilson. E o pior é que quase que sai um gol contra! Ferrareis chegou pela direita e cruzou na área. Foi então que Benítez apareceu para fazer o corte, mas, mandou para dentro da área. A bola, por sorte, saiu pela linha de fundo.

Em seguida, o Coxa foi pra cima do Inter. O mesmo Benitez cruzou da direita para o Iago, que mandou de cabeça. O goleiro gaúcho, porém, defendeu e Leandro tentou aproveitar a sobra, mas não conseguiu finalizar. Os adversários reagiram no contra-ataque e o Coxa contou com duas ajudas que impediram que o time da casa saísse na frente. Primeiro, a trave. O jogador Alex chutou forte e a bola bateu nela. Foi um susto! Depois, Wilson. O goleiro se esticou todo para defender mais uma tentativa adversária. A reação do Coxa foi imediata, pela direita da grande área gaúcha. Quase que Leandro converte.

Aos 30’ o inesperado aconteceu. O mesmo Leandro foi derrubado dentro área. Pênalti para o Coritiba! Porém, o Coxa não conseguiu aproveitar a chance. Juan se dispôs a bater e o goleiro Danilo Fernandes protagonizou bonita defesa. Depois disto, Veiga chutou forte da entrada da grande área, correndo atrás do prejuízo. Mas, não teve sucesso.

A infelicidade do jogo aconteceu aos 40’. Pênalti outra vez! Só que agora era para o Inter e o jogador Vitinho conseguiu converter. O goleiro Wilson acertou o canto, mas, não alcançou e a bola acabou entrando.

O jogo acabou assim, no 1×0 e quem garantiu os três pontos na competição foi o time gaúcho. No término da partida, o Beira Rio se transformou em um verdadeiro show de luzes, enquanto Juan pedia desculpas a nação coxa-branca.

“Peço desculpas aos meus colegas e torcedores. Não bati do jeito que gostaria e acabei desperdiçando”, disse.

O próximo compromisso do Coritiba é em casa, contra o Figueirense, pelo Brasileiro. A bola vai rolar na próxima quarta-feira (12), dia do aniversário do Clube, às 19h30.

Fonte: Site oficial do Coritiba