Criminosos derrubam postes em ciclovia para furtar luminárias

Criminosos acharam uma nova forma para roubar luminárias e cabos de iluminação pública. No último fim de semana, nove postes de fibra da ciclovia da Linha Verde, próximo à Avenida Presidente Wenceslau Braz, foram serrados e quebrados na base. Todos haviam sido recém-instalados na ciclovia, no bairro Parolin.

Além de derrubar os postes, os bandidos furtaram as nove luminárias de LED dos equipamentos. A obra nesta ciclovia ainda está em andamento.

Os furtos dos equipamentos novos vão além da Linha Verde. Na Rua Aluízio Finzetto foram furtadas 26 luminárias, além de cabos da nova iluminação nos últimos meses. A partir destes registros, o Departamento de Iluminação Pública começou a concretar a base dos postes e nas caixas de passagem dos cabos de energia.

O prejuízo até agora é de R$ 64,4 mil. “Estamos fazendo boletim de ocorrência de todos os casos e avisando a Guarda Municipal”, explicou o diretor de Iluminação Pública, Tony Malheiros.

Trabalho em dobro

Com o furto dos equipamentos, a empresa precisa refazer o trabalho e a escuridão acaba gerando insegurança para a população que caminha pelo local. “Quem fez isto, não pensa em nada, não tem cérebro”, disse Marcos Neckel, 52 anos, morador do Fanny, que sempre usa a ciclovia para se deslocar ao trabalho.

Neckel lamenta o vandalismo que acaba atrapalhando a vida de todos do bairro. “Essa obra é para o nosso bem. Estava ficando bom, a nova iluminação aumenta a segurança de todos. Um lugar tão bonito e fazem isto, uma vergonha”, contou.

Malheiros explica que os moradores também podem ajudar e denunciar casos de vandalismo e de furtos. “A população pode nos auxiliar nesta questão de furtos de equipamentos ligando para o número 153 da Guarda Municipal ou o 156 da Prefeitura”, concluiu.

Obras

A Prefeitura investe R$ 2,3 milhões na implantação e melhoria do sistema de iluminação de 18,5 quilômetros de ciclovias da cidade. Mais de 50% das obras já foram concluídos.

O trabalho envolve a implantação da iluminação em 18,5 quilômetros de ciclovias localizadas na Linha Verde Sul, Parque São Lourenço, Passeio Público e nas ruas Aluízio Finzetto, João Negrão, Conselheiro Laurindo, Alexandre Gutierrez e Alferes Poli.

Serão instalados cerca de mil novos postes baixos, com cinco metros de altura, e luminárias de LED, que garantem iluminação mais eficiente e econômica.

As obras foram divididas em dois lotes, com prazo de execução de 180 dias. O lote 1 contempla oito quilômetros de ciclovias na Linha Verde, entre o viaduto da Avenida Marechal Floriano e o terminal de ônibus do Pinheirinho.

Já o lote 2 abrange 10,5 quilômetros da ciclovia Belém Norte, entre o Parque São Lourenço e o Passeio Público, e as ruas Aluízio Finzetto, João Negrão, Conselheiro Laurindo, Cyro Vellozo e a Alexandre Gutierrez, entre a Praça do Japão e a Avenida Getúlio Vargas.