Cruzamento após trincheira da Chile recebe semáforos para diminuir acidentes

Cruzamento após trincheira da Chile recebe semáforos para diminuir acidentes

O cruzamento da Rua Chile com a Rua Manoel Martins de Abreu, próximo à trincheira da Chile, na Vila Torres, vai receber um conjunto semafórico completo para diminuir acidentes e atropelamentos na região. A instalação teve início na terça-feira (12/12) e deve ser finalizada até o dia 21 de dezembro.

A demanda por essa sinalização existe desde a construção da trincheira da Rua Chile em 2012.

“É uma demanda antiga, tanto das lideranças atuais quanto das anteriores”, explica o administrador regional da Matriz, José Dirceu de Matos. “A importância desse semáforo é evitar acidentes, porque está tendo muitas colisões traseiras, e auxiliar a população a atravessar a rua”, disse Dirceu.

Valdemilson Osório de Campos, conhecido como “Tanaka”, assumiu a presidência da Associação de Moradores da Vila das Torres há seis meses e, desde então, recebeu diversas solicitações a respeito do semáforo.  “A comunidade foi quem me pediu para reforçar isso junto à Prefeitura”, disse.

Atualmente o cruzamento conta com um semáforo de pedestres e travessia elevada na Rua Chile, que será removida. Mesmo assim, os moradores relatam diversos atropelamentos e batidas.

“É uma grande conquista, porque vai salvar vidas”, comemorou o estudante de Publicidade e Propaganda Saulo Alves (28), que reside na Vila há 20 anos.

Mutirão de limpeza

Além da instalação do semáforo, a Vila das Torres está recebendo, nesta semana, um mutirão de limpeza e manutenção. Está sendo realizada limpeza e drenagem do Rio Belém, coleta de entulhos e caliças, aplicação de tapa-buraco e roçada em toda a Vila.