Curitiba é 1º município brasileiro a sediar principal evento de cidades inteligentes do mundo

Curitiba foi anunciada oficialmente a próxima cidade sede do Smart City Expo, o maior evento de cidades inteligentes do mundo que acontecerá pela primeira vez no Brasil entre os dias 28 de fevereiro e 1º de março de 2018.

O anúncio foi feito na abertura da atual edição do encontro, que está sendo realizado em Barcelona (Espanha) e tem o programa curitibano Vale do Pinhão como um dos destaques. O encontro termina nesta quinta (16/11).

Representante do prefeito Rafael Greca, o presidente da Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação, Frederico Augusto Munhoz da Rocha Lacerda,  apresentou um vídeo com uma mensagem enviada pelo prefeito aos participantes, na qual reforça o convite para todos virem à capital paranaense no ano que vem.

Idealizado por Greca, o Vale do Pinhão vem se destacando nos encontros da Fira Barcelona Internacional, o consórcio público espanhol formado pela Câmara de Comércio de Barcelona e pelo Governo da Catalunha que forma o comitê organizador da Smart City Expo e elegeu a capital paranaense como cidade inteligente.

A Fira considera o projeto uma proposta de renovação urbana com fácil adaptação e adequação a reurbanização de áreas degradadas, situação presente em muitas cidades participantes do evento, que podem replicar o modelo.

“Estamos participando de vários encontros e trocando experiências com prefeitos de todo o mundo”, diz Frederico Lacerda. “O Vale do Pinhão tem chamado muito a atenção como opção para regeneração urbana por meio de incentivo a inovação em áreas degradadas.”

18 mil participantes
O Smart City Expo 2017 Barcelona conta com participação de governantes e representantes de outras 700 cidades do mundo.

O público desta edição é estimado em 18 mil congressistas, que terão a oportunidade de discutir ações para impulsionar a implementação de ações ao redor do mundo.

A programação é dividida em 66 salas temáticas, com mais de 400 palestrantes e dez sessões plenárias, nas quais se abordam temas como governança, mobilidade, economia, sustentabilidade, dados e tecnologia e economia circular.

O tema deste ano é “Empower Cities. Empower People”, que numa tradução livre significa “Capacitar Cidades. Capacitar Pessoas”.

Como será em Curitiba
Em Curitiba, o Smart City Expo 2018 será dividido em quatro temas:  tecnologia disruptiva, governança, inovação digital e cidades sustentáveis do futuro, num modelo já chancelado pela Fira Barcelona Internacional.

Haverá área de exposição, congresso e a presença dos maiores players mundiais do setor, em uma série de cases de cidades que aplicaram o conceito de cidades inteligentes, além de palestrantes nacionais e internacionais.

22@
Uma das importantes reuniões realizadas em Barcelona foi sobre a região do 22@, bairro ícone da regeneração urbana em Barcelona.

O presidente da Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação, juntamente com o diretor técnico Tiago Francisco da Silva (membros do Icities) e os prefeitos da Frente Nacional de Prefeitos (da qual o prefeito Rafael Greca é o vice-presidente de Cidades Inteligentes) acompanharam a apresentação feita pela agência local de desenvolvimento, o Barcelona Activa.

Até o final da década de 80, a área de aproximadamente 200 hectares no bairro de Poblenou, distrito de Sant Martì, enfrentava problemas como violência e baixa interação social, com muitos imóveis fechados e abandonados, oriundos da falência e fechamento das fábricas que ocuparam com pujança a região até meados dos anos 70.

Em decorrência das Olimpíadas de Barcelona, em 1992, foram direcionados investimentos para a região, onde ocorreu uma grande mudança no zoneamento, permitindo grandes construções.

A região foi dividida em cinco grandes áreas de interesse: energia, mobile e internet, mídia, design, tecnologia médica. Para gerir cada setor foram criadas fundações e conselhos, dos quais participam representantes das universidades, poder público e a iniciativa privada.

O mesmo molde de reordenação urbana, integrando instituições, sociedade e a iniciativa pública e privada, está sendo adotado pelo Vale do Pinhão em Curitiba.