Créditos: Miguel Locatelli/Site Oficial

De virada, Furacão vence o Grêmio no Caldeirão

O Atlético Paranaense mostrou muita raça e superação na noite deste sábado (25). Pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Furacão virou para cima do Grêmio, no Caldeirão, e somou mais três pontos na competição. Pablo e Jonathan anotaram os gols atleticanos.
O Rubro-Negro volta a campo na quarta-feira (29), contra o Vasco, novamente dentro de casa. A partida é válida pela 15ª rodada, que havia sido adiada. A bola rola às 19h30.
Em pênalti duvidoso, Furacão sai em desvantagem, mas empata com Pablo
A primeira chance de perigo foi da equipe adversária. Pepê recebeu lançamento em condição legal e finalizou na trave.
Aos sete minutos, a arbitragem marcou pênalti de forma equivocada em lance de ataque do Grêmio. Cícero cobrou e marcou.
Mas de nada adiantou, pois aos 12 minutos o Furacão chegou ao empate. Pablo recebeu de Lucho dentro da área, girou e bateu colocado, no ângulo. Um golaço para igualar o marcador. 1 a 0!
Quem tentou a virada foi Marcinho. Ele recebeu na esquerda, puxou para o meio e bateu rasteiro. Paulo Victor fez a defesa.
Marcinho fez ótima jogada aos 23’. Ele partiu em velocidade, deixou o marcador no chão e bateu para o gol. A bola desviou e foi em escanteio. Na cobrança, o próprio Marcinho quase marcou o gol olímpico.
Já nos acréscimos da primeira etapa, Nikão recebeu de Renan Lodi e bateu colocado. A bola passou raspando a trave pelo lado esquerdo.
Virada no segundo tempo
Jogada bem trabalhada pelo Furacão aos 22 minutos da segunda etapa. De pé em pé, da direita para a esquerda, a bola chegou até Renan Lodi, que bateu rasteiro. O goleiro mandou para escanteio.
E a virada veio dois minutos depois. Jonathan tabelou com Nazário e saiu na cara do gol. De frente com Paulo Victor, ele tocou rasteiro, no canto, e colocou o Rubro-Negro na frente. 2 a 1!
A equipe comandada por Tiago Nunes continuou criando oportunidades. Renan Lodi tentou o cruzamento perigoso em contra-ataque, aos 38’, mas a zaga afastou.
Além da vitória e dos  três pontos, outro fator a se destacar na partida foi a reestreia de Márcio Azevedo com a camisa atleticana. Ele entrou na vaga de Raphael Veiga, aos 39 minutos da etapa final.

O primeiro jornal de Curitiba com conteúdo em Realidade Aumentada.