Derrota e Mudança

A tentativa de reação no segundo tempo foi em vão. Após um primeiro tempo muito ruim e novamente marcado por erros individuais, o Paraná Clube perdeu por 2×0 para o Oeste-SP, na noite desta sexta-feira, na Arena Barueri. A atuação acabou determinando a queda do técnico Cristian de Souza. O desligamento foi anunciado pelo executivo de futebol Rodrigo Pastana logo após a partida.

Logo no início do jogo, o técnico Roberto Cavalo foi obrigado a mexer na equipe. Fernando, lesionado, deu lugar a Jheimy. E o atacante foi o personagem do primeiro tempo. No primeiro lance – em impedimento não assinalado – ele bateu no canto e Richard fez uma defesa sensacional. Aos 31 minutos, na jogada de Jheimy, a bola foi tocada para Gabriel Vasconcelos, que não perdoou: 1×0. Dez minutos depois, no cruzamento de William Cordeiro, Rayan acabou marcando contra: 2×0.

No segundo tempo, com Minho na vaga de Renatinho, o Tricolor tentou pressionar o adversário. Aos 11 minutos, o gol só não saiu porque Rodolfo mostrou muito reflexo, no chute de Minho e depois no cabeceio de Rayan. Cristian ainda tentou com Felipe Alves e Matheus Carvalho, mas a bola não entrou. Robson acertou o travessão em cobrança de falta e o árbitro não deu pênalti duplo sobre Rayan e Robson. No final, Mazinho ainda cobrou uma penalidade máxima, mas Richard defendeu.

Fonte: Site oficial do Paraná Clube

O primeiro jornal de Curitiba com conteúdo em Realidade Aumentada.