Diesel mais em conta, tarifa do ônibus mais barata

Protocolamos no final do mês de maio, na Câmara Municipal de Curitiba, uma sugestão ao Município para que seja reduzida a tarifa técnica que é repassada às empresas do transporte coletivo.

Com a retirada de impostos do diesel nas refinarias anunciado pelo governo federal, as empresas pagarão um valor menor na compra do produto, e com isso, existirá uma diferença entre o que é pago atualmente e o que as empresas realmente devem receber.

Esta diferença não pode ficar no bolso dos empresários, ela deve voltar como melhorias para a nossa população. A expectativa é que tenhamos mais de um milhão de reais mensais que podem voltar para os cofres da URBS e serem aplicados na modernização do nosso transporte coletivo. Podemos investir esta receita na aquisição de câmeras, compra de novos ônibus, melhorias no sistema e até na implantação do Bilhete Único, que trará uma nova experiência para os usuários através da tarifa temporal, dando início a uma nova forma de utilização do sistema.

O aumento da tarifa do transporte coletivo anunciada em março foi em consequência dos constantes aumentos dos preços dos insumos e impostos, por isso, com o anúncio da queda, queremos que a população seja beneficiada com esta decisão do governo federal, já que o diesel comprado pelas empresas não tem ICMS, o que poderia em um ato do governo estadual, diminuir ainda mais o valor da tarifa do transporte coletivo de Curitiba.

A retirada de impostos do valor diesel era uma das exigências dos caminhoneiros que fizeram a paralisação em todo país. As empresas do transporte coletivo da cidade também serão beneficiadas com essa diminuição. O que queremos é que a diferença que teremos no valor do diesel seja devolvida à população. Se não pudermos baixar o valor final da passagem, podemos pelo menos diminuir o valor da tarifa técnica e evitar que essa diferença fique com as empresas e seja utilizada para melhorar todo o nosso sistema. É possível e temos o apoio de todos os vereadores da

Câmara e também da população, para que a proposta seja acatada pela Prefeitura.

Estamos pensando sempre no melhor para a população, se houve corte de impostos, devemos repassar isso a todos ao invés de privilegiar as empresas. Temos vários projetos voltados para a modernização do transporte coletivo em Curitiba e Região Metropolitana, e vamos continuar trabalhando que o sistema seja melhor para todos os usuários.

Um abraço e até a próxima!

Atualmente em seu segundo mandato, é o vereador mais jovem da casa com 32 anos e 1º Secretário da Mesa da Câmara Municipal de Curitiba.