“Doença do beijo salgado” traz especialistas de diferentes países a Curitiba

Realizado pela primeira vez em Curitiba, o Congresso Brasileiro de Fibrose Cística chega à sua sexta edição e vai reunir, de 5 a 8 de abril, no Estação Eventos, especialistas do Brasil e  de outros países para discutir diferentes abordagens e novidades em torno da doença, que ainda não tem cura.

Cerca de 500 profissionais da saúde devem participar do evento, que contará com a presença de pesquisadores dos Estados Unidos, Canadá, Reino Unido e Portugal para tratar do assunto. Conhecida como “doença do beijo salgado”, por conta da presença de altas quantidades de cloro e sódio no suor, ou mucoviscidose, a fibrose cística é uma enfermidade genética, hereditária, autossômica e recessiva, ou seja, passa de pai/mãe para filho (a). Sua principal característica é o acúmulo de secreções mais densas e pegajosas nos pulmões, no trato digestivo e em outras áreas do corpo.

Dados do Ministério da Saúde (2013) indicam que 1,5 mil pessoas sofrem de fibrose cística no país – com maior incidência de casos nas regiões Sul e Sudeste. “Temos, dessa forma, os mais desenvolvidos centros de atendimento do país nesses locais. Por ser uma doença de baixa incidência, crônica, de alto custo de tratamento e com pouco conhecimento ainda no Brasil, a participação de convidados internacionais será muito importante”, avalia o presidente do VI Congresso Brasileiro de Fibrose Cística, Paulo Kussek.

A fibrose cística afeta, além do aparelho respiratório, os sistemas gastrointestinal e reprodutor. Desta forma, os sintomas podem variar, destacando-se entre os principais a dificuldade de crescimento, perda de peso, má absorção de nutrientes, cirrose biliar, infecções respiratórias de repetição e diarreia crônica.

No caso das crianças, a fibrose cística já pode ser identificada pelo teste do pezinho. O diagnóstico precoce contribui para o bom desenvolvimento de meninos e meninas desde a primeira infância, já que a doença provoca diarreia e infecções pulmonares repetitivas.

Com apoio do Hospital Pequeno Príncipe, as inscrições para o VI Congresso Brasileiro de Fibrose Cística devem ser feitas pelo site www.fibrosecistica2017.com.br, que traz informações completas sobre o evento e outras orientações pertinentes.