Educação divulga calendário da Trilha do Sagrado para o público

A Secretaria Municipal da Educação definiu o calendário das atividades do projeto Trilha do Sagrado, que promove visitas ao Setor Histórico de Curitiba com objetivo de conhecer tradições e costumes religiosos, explorando a diversidade religiosa da cidade. A atividade foi aberta ao público em geral e a terceira edição destinada a qualquer pessoa interessada está marcada para o próximo sábado (1/7), das 9h às 12h.

As inscrições devem ser feitas pelo e-mail ensinoreligioso@sme.curitiba.pr.gov.br. Ainda há vagas para esta edição. É necessário enviar nome completo, data de nascimento, RG e telefone para contato. As vagas são limitadas e o ponto de encontro é em frente à Catedral Nossa Senhora da Luz dos Pinhais, na Praça Tiradentes.

Nesta segunda-feira (26/6), a Secretaria da Educação anunciou as datas das edições para o público até o fim do ano. A meta é que elas sejam oferecidas aos sábados. Haverá edições da Trilha do Sagrado nos dias 5 de agosto, 30 de setembro, 11 de novembro e 2 de dezembro.

Em duas edições, o percurso terá alguma temática diferenciada. Na edição de setembro, o tema será como as diferentes organizações religiosas veem a criança. Na de dezembro, como as organizações religiosas fazem as comemorações natalinas.

A Trilha do Sagrado começou a ser oferecida aos professores de Ensino Religioso e já foi adaptada para crianças. Com a manifestação de interesse do público foi ampliada.

“A atividade proporciona bons momentos de estudo, diálogo, troca de experiências. É preciso compreender a diversidade religiosa e respeitar a fé e a crença do outro”, explica a Karin Willms, integrante da equipe de Currículo da Secretaria Municipal da Educação.

Ela ressalta que, na rede municipal de ensino, o Ensino Religioso explora quatro matrizes: africana, indígena, oriental e ocidental. “Talvez a população nem saiba, mas Curitiba é referência no Ensino Religioso e recebe visitas de pessoas de outras cidades brasileiras e até de outros países”, afirma.

O Ensino Religioso nas escolas contribui para o respeito a todas as religiões, por meio do conhecimento de diversas culturas, tradições religiosas e suas manifestações. Os conteúdos e as atividades seguem o que estabelece a legislação, válida a todas as escolas do país.

O que ver

O trajeto de cerca de 1.250 metros dura aproximadamente duas horas de caminhada. O percurso inicia na Praça Tiradentes com a visita aos irôkos (árvores sagradas do candomblé) e a estátua do indígena Tindiquera (que representa a presença da matriz indígena em nossa cidade), seguindo para a Catedral e as igrejas da Ordem, Presbiteriana Independente, Igreja do Rosário, Isckon, Igreja Luterana, Arquidiocese de Curitiba, Igreja de São Vicente de Paulo, Templo Hare Krishna, Mesquita Iman Ali Ibn Talib.