Em jogo de viradas, Atlético passa para a terceira fase da Copa do Brasil

Em jogo de viradas, Atlético passa para a terceira fase da Copa do Brasil

O Atlético Paranaense está classificado para a terceira fase da Copa do Brasil! Em jogo de nove gols, o Furacão venceu o Tubarão por 5 a 4 na noite desta quarta-feira (21), no Caldeirão, pela segunda fase da competição nacional. Bergson, Rossetto, Guilherme, Thiago Heleno e Felipe Gedoz marcaram os gols do Rubro-Negro.
Na próxima fase, o Furacão enfrenta o Ceará, que eliminou o Londrina também nesta quarta-feira (21).
O jogo
Nos primeiros cinco minutos de jogo, o Furacão criou duas oportunidades. A primeira foi logo no primeiro minuto. Guilherme lançou Ribamar na área e o atacante foi derrubado. O árbitro mandou o lance seguir.
Depois, aos cinco, Guilherme viu o espaço e arriscou de fora da área. O goleiro espalmou e a zaga afastou.
A melhor chance, no entanto, foi aos oito. Guilherme fez um lindo lançamento para Jonathan, que dominou no peito na área e bateu. A bola pegou no goleiro e saiu em escanteio.
Aos 26’, após uma tabela entre Jonathan e Guilherme, o camisa 2 cavou a bola na área. Ribamar subiu mais que a defesa, mas cabeceou ao lado.
E foi de cabeça que o Rubro-Negro voltou a levar perigo, aos 30’. Carleto recebeu na esquerda e levantou na segunda trave. Rossetto chegou cabeceando, mas a bola foi para fora.
Boa trama do ataque atleticano em contra-ataque, aos 39. Guilherme lançou Nikão, que viu a corrida de Ribamar. O camisa 9 ganhou do zagueiro na velocidade e finalizou de perna direita, para fora.
Dois minutos depois, Guilherme recebeu na entrada da área e mandou de canhota. O goleiro caiu no canto direito para fazer a defesa.
Depois, Nikão foi até a linha de fundo e cruzou rasteiro para o meio da área. Guilherme bateu de primeira, rasteiro, mas a bola foi no meio do gol e facilitou a defesa de Belliato.
No minuto seguinte, nova finalização do meia-atacante. Ele bateu colocado de fora da área e o goleiro espalmou para escanteio.
Ainda aos quatro minutos da segunda etapa, Carleto lançou na área e Bergson ganhou de cabeça. A bola chegou a tocar a rede, mas por cima do gol.
Mas na sua segunda oportunidade, o camisa 30 não desperdiçou. Depois de uma boa troca de passes do meio campo atleticano, aos seis minutos, Guilherme lançou Rossetto na área, que cruzou rasteiro. Bergson desviou no meio da pequena área e balançou as redes!
Mas o time catarinense chegou ao empate aos dez minutos. Depois de cobrança de falta na lateral direita, Matheus Barbosa desviou de cabeça e marcou.
Aos 18’, Batista cabeceou após cruzamento da esquerda e virou o placar. 2 a 1.
Rossetto empatou a partida. Bergson recebeu no meio campo e mandou uma bomba de fora da área. No rebote do goleiro, Rossetto aproveitou e marcou o segundo gol atleticano. 2 a 2!
Aos 30 minutos, Guilherme foi derrubado na área na tentativa de finalizar e o árbitro assinalou o pênalti. O próprio camisa 17 foi para a cobrança e deslocou o goleiro para marcar o terceiro gol atleticano e virar o placar! 3 a 2!
Três minutos mais tarde, depois e cobrança de escanteio, Lucas Costa cabeceou para igualar o marcador.
Aos 36’, Bergson recebeu na área e bateu cruzado. A bola passou à frente do gol.
Daniel Costa colocou os catarinenses em vantagem aos 39’. 4 a 3.
O Furacão não desistiu. Nikão cruzou aos 45’ e Thiago Heleno testou no canto para empatar. 4 a 4!
E deu tempo para a virada. Aos 47’, Carleto ganhou uma bola na linha de fundo, invadiu a área e rolou para Gedoz. O camisa 10 soltou uma bomba. A bola tocou no travessão e entrou. 5 a 4!

O primeiro jornal de Curitiba com conteúdo em Realidade Aumentada.