Robson correu muito, mas faltou tranquilidade. Leonardo Heitor

Empate no MT

O Paraná Clube arrancou um ponto fora de casa e se manteve na zona intermediária da tabela de classificação do Campeonato Brasileiro da Série B. Após sofrer um gol no início, o Tricolor teve forças para buscar o 1×1, diante do Luverdense-MT, no estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde. Foi a estreia do técnico Lisca à frente do time, que agora terá dois jogos seguidos em casa, contra Santa Cruz-PE e CRB-AL.

O jogo iniciou com as equipes se estudando e procurando valorizar a posse de bola. Na troca de tentativas ofensivas, o Luverdense se deu melhor na bola parada. Na cobrança de escanteio, aos 17 minutos, o zagueiro Pablo subiu mais que a zaga paranista e marcou 1×0. A reação do Paraná foi imediata. Aos 20, Robson arrancou pela direita, recebeu de Alemão e bateu no canto, para a defesa do goleiro Diogo Silva.

Aos 27 minutos, numa roubada de bola de Minho, ele foi parado com falta, por trás. O zagueiro Neguete acabou expulso. Com um a mais, o Paraná se lançou à frente e Robson quase marcou em cruzamento de Igor. Aos 36, Minho driblou dois marcadores e bateu fraco, de canhota, para a defesa do goleiro do Luverdense. No intervalo, Lisca trocou Gabriel Dias por Zezinho e o Tricolor encurralou o time da casa.

Logo aos 4 minutos, Robson cruzou e Alemão acertou a trave. O assistente erroneamente marcou impedimento de Robson na jogada. No lance seguinte, Zezinho carimbou o travessão. O empate veio aos 13 minutos. Na jogada pelo meio, Robson serviu Alemão, que bateu e contou com o desvio em Pablo para marcar: 1×1. O próprio centroavante quase virou, num tiro colocado, no canto esquerdo. No fim, o Paraná sentiu o peso da viagem de do clima matogrossense.

“Não deu pra ganhar, vamos valorizar o ponto conquistado”, disse Lisca, numa referência à uma oportunidade desperdiçada pelo Luverdense aos 42 minutos. Maidana e Richard salvaram em dois arremates à queima roupa. “Temos que melhorar essa aproximação, a troca de passes para chegarmos com maior precisão. Os jogadores estão indignados, pois poderíamos ter vencido. Faz parte. Temos que saber valorizar esse ponto”, concluiu Lisca.

Fonte: site oficial do Paraná Clube

O primeiro jornal de Curitiba com conteúdo em Realidade Aumentada.