Empate Suado
Silvinho foi o jogador mais agudo do Tricolor. Foto: Geraldo Bubniak

Empate Suado

O Paraná Clube foi pragmático, procurou jogar no erro do adversário e ficou no 0x0 com o Grêmio, na Vila Capanema, neste domingo (20). Necessitando de uma reação, o técnico Rogério Micale mudou peças e a formatação tática da equipe. Com um trio de marcação, o Tricolor conseguiu anular as principais peças do rival e, por pouco, não saiu com a vitória, num jogo equilibrado e tenso do início ao fim.

Micale, além dos retornos de Cléber Reis e Mansur, decidiu trocar todo o sistema defensivo, com Thiago Rodrigues voltando à meta e Júnior e Neris completando a linha de zaga. Mais do que isso: armou o time com três volantes – Leandro Vilela, Jhonny Lucas e Torito González –, tendo mais à frente Carlos, Caio Henrique e Silvinho. No primeiro tempo, o Grêmio em momento algum conseguiu superar o bloqueio paranista.

No contragolpe, o Paraná teve pelo menos duas boas chances. Aos 6 minutos, Silvinho recebeu de Torito, avançou em velocidade, mas bateu por cima. Aos 16, no cruzamento de Mansur, Silvinho soltou o voleio, mas a bola explodiu em Cortez. O cenário não se alterou no segundo tempo, mas as equipes foram mais incisivas. Principalmente após as mudançasdos treinadores. Na arrancada de Silvinho, aos 30 minutos, Caio Henrique dominou e bateu por cima.

Pouco depois, foi a vez de Thiago Rodrigues brilhar, espalmando a finalização de Lima. Aos 42 minutos, a bola cruzou a área paranista perigosamente e André não alcançou, na segunda trave. Mas, a melhor oportunidade cairia nos pés de Silvinho. Aos 47, o atacante arrancou, tinha Alex Santana e Carlos abertos, mas insistiu na jogada individual e perdeu chance garantir a primeira vitória do Paraná neste Brasileirão. No último lance, Thiago Rodrigues garantiu o empate, defendendo um tiro forte de Lima.

Fonte: Site oficial do Paraná Clube

O primeiro jornal de Curitiba com conteúdo em Realidade Aumentada.