FAS amplia atendimento em madrugada fria

As equipes de abordagem social da Fundação de Ação Social (FAS) registraram um aumento na demanda de atendimento à população em situação de rua na madrugada desta quinta-feira (9). Entre as 19 horas de quarta (8) e as 7 horas desta quinta, 82 solicitações de abordagem social a moradores de rua foram atendidas pelas equipes da FAS. De acordo com o Simepar, as temperaturas na madrugada em Curitiba variaram de 0° a 1,5°C, sendo que às 6 horas a sensação térmica era de -1,3°C. Desses atendimentos, 62 homens foram acolhidos na Casa de Passagem Boa Esperança e três mulheres foram acolhidas na Casa de Passagem Feminina e LBT, ambas no Rebouças. Além disso, duas pessoas foram encaminhadas a Unidades de Pronto Atendimento (UPA), mas sem sinais de hipotermia. Em comparação, a média de atendimentos realizados das 19h às 7 horas em maio foi de 26 por noite.

Como as temperaturas baixaram muito, além das equipes da Central de Abordagem Social 24 Horas, quatro regionais da cidade (Portão, Pinheirinho, Bairro Novo e Boqueirão) também tiveram equipes percorrendo as ruas da cidade. Para a Operação Inverno 2016, a Prefeitura de Curitiba disponibiliza 1.317 vagas em 18 unidades de acolhimento (dez oficiais e oito conveniadas), além da possibilidade de abertura de três espaços emergenciais com mais 300 vagas. Situações de risco a moradores de rua podem ser informadas por qualquer cidadão à Central 156. Doações podem ser feitas para a campanha do agasalho de Curitiba, a Doe Calor, em centenas de pontos de coleta pela cidade. Mais informações no www.doecalor.com.br.