Fisioterapia para Crianças

Assim como os adultos, as crianças também podem ter problemas de saúde, cuja indicação de tratamento é a reabilitação através da fisioterapia. Apesar de um conhecimento geral da existência dessa especialidade poucos sabem o que é realmente a fisioterapia pediátrica e como ela atua, ou o que é possível de tratar, os benefícios para a criança e a faixa etária que ela abrange. De uma maneira geral, a fisioterapia pediátrica é a prática da reabilitação voltada para bebês, crianças, pré-adolescentes e adolescentes, e que busca através de técnicas específicas para cada fase do desenvolvimento a eliminação da doença ou melhora dos sintomas, fornecendo para essa criança ou adolescente qualidade de vida e melhora das funções do dia a dia.

Desde o nascimento até a fase adulta o indivíduo passa por uma série de mudanças corporais, que colaboram para que esse indivíduo aprenda a se movimentar, interagir com o meio ambiente e até mesmo se relacionar com as outras pessoas. A fisioterapia pediátrica leva em consideração cada fase do desenvolvimento e atua oferecendo para a criança os estímulos necessários a cada uma dessas fases, como sentar, caminhar, etc., buscando assim a reabilitação não apenas física, mas global.

O atendimento voltado para as crianças se diferencia também em sua aplicação. Ao contrário do que acontece na grande parte dos atendimentos voltados aos adultos, com as crianças o atendimento é lúdico e envolve brincadeiras, jogos e atividades “divertidas” que têm como objetivo estimular a criança ao exercício físico que ela necessita. O envolvimento dos pais ou responsáveis também é estimulado durante o atendimento fisioterapêutico pediátrico, por vezes envolvendo-os diretamente no tratamento.

Diversos problemas podem ser tratados com a fisioterapia pediátrica e suas técnicas específicas aplicadas, como por exemplo as bronquites, asmas e outras doenças respiratórias, a reabilitação de fraturas, doenças reumáticas infantis e deformidades de membros. Alterações de postura que acontecem na sua maioria durante a adolescência podem ser tratadas com técnicas como a Reeducação Postural Global, enquanto que alterações neurológicas podem ser tratadas com técnicas como Bobath. Bebês com atrasos motores também podem ser beneficiados com técnicas aplicadas a seu desenvolvimento. Vale ressaltar que cada fase do desenvolvimento acontece rapidamente na infância, e que o quanto antes a criança começar seu tratamento, melhores serão os resultados.

Jonatan Calemi – Fisioterapeuta

Especialista em Coluna Vertebral, Traumato Ortopedia Funcional, RPG e Terapia Crânio Sacral. Pós-graduada na Inglaterra. Atende na FISIOCENTER. Av. Silva Jardim, 266 – Rebouças