Créditos: Fabio Wosniak e Marco Oliveira/Site Oficial

Furacão derrota o Flamengo e assume a liderança do Grupo 4

Na noite desta quarta-feira (26), Atlético Paranaense e Flamengo se enfrentaram pela quarta rodada do Grupo 4 da Conmebol Libertadores Bridgestone, no Caldeirão. E o Furacão devolveu o placar da rodada passada, na partida no Maracanã. O 2 a 1 foi construído com gols de Thiago Heleno e Felipe Gedoz. Willian Arão descontou para o time carioca.
 
Com o resultado, o Atlético chegou aos sete pontos e assumiu a liderança da chave. Flamengo, com seis pontos, Universidad Católica, com cinco pontos, e San Lorenzo, com quatro, completam o grupo.
 
 
O jogo 
 
O primeiro tempo foi de muita marcação, mas também com as duas equipes buscando o gol. Logo aos sete minutos, Nikão ganhou da marcação, dentro da área, e bateu forte. A bola carimbou a trave direta de Muralha.
 
Aos 11 minutos, o Flamengo chegou pela primeira vez. Rômulo tentou de cabeça, para fora. No minuto seguinte, Guerreiro saiu em velocidade e finalizou de fora da área, à esquerda de Weverton.
 
O Furacão voltou a chegar com perigo aos 27 minutos. Em contra-ataque, Eduardo da Silva lançou Nikão, que tentou de longe, mas a bola foi para fora.
 
Aos 35 minutos, o Atlético abriu o placar. José Ivaldo fez boa jogada pela direita e foi derrubado. Matheus Rossetto cobrou a falta da área e Thiago Heleno cabeceou na segunda trave e encobriu o goleiro do Flamengo. 1 a 0.
 
Logo no início da segunda etapa, o Flamengo se lançou ao ataque e teve um gol anulado. Após chute da esquerda, Guerrero marcou, mas em posição irregular. Aos cinco minutos, Paulo Autuori precisou fazer a primeira alteração na equipe. Machucado, Lucho deu lugar a Felipe Gedoz.
 
Aos dez minutos, quase o segundo gol atleticano. Douglas Coutinho recebeu no meio e lançou para Eduardo da Silva. O atacante puxou para o meio e soltou a bomba. Muralha conseguiu espalmar.
 
O time carioca quase empatou aos 29 minutos. Após cruzamento da direita, Leandro Damião cabeceou no travessão. No rebote, Guerrero também tentou de cabeça e Weverton fez a defesa.
 
Mas foi o Furacão quem marcou. Aos 42 minutos, Eduardo da Silva recebeu na direita e cruzou rasteiro. João Pedro deixou a bola passar e Felipe Gedoz finalizou sem chances para Muralha.
 
Com a desvantagem, o Flamengo foi todo ao ataque e diminuiu aos 44 minutos. A bola sobrou dentro da área e Willian Arão finalizou sem chances para Weverton.
 

O primeiro jornal de Curitiba com conteúdo em Realidade Aumentada.