Créditos: Fabio Wosniak/Site Oficial

Furacão goleia o Avaí por 5×0 e sobe quatro posições no Brasileirão

Com dois gols de Guilherme, dois de Eduardo Henrique e um contra, o Furacão fez 5 a 0 no Avaí e chegou aos 23 pontos na competição. 
 
O resultado colocou o Rubro-Negro na décima colocação. O próximo desafio atleticano no Brasileirão será já neste domingo (6). Às 16h, o Atlético Paranaense enfrenta o Palmeiras, em São Paulo, no encerramento do primeiro turno.
  
 
O jogo
 
O primeiro tempo do jogo no Caldeirão foi todo atleticano. O time catarinense se preocupou em marcar o Furacão, enquanto o Rubro-Negro criava boas chances ofensivas.
 
Aos 10 minutos, Esteban Pavez recebeu na intermediaria e, sem marcação, arriscou o chute de longe. Douglas fez a defesa. Três minutos depois, o chileno acionou Lucas Fernandes na direita. O atacante bateu cruzado, mas a bola foi para fora.
 
A principal chance do Avaí na primeira etapa foi com Junior Dutra, que passou por Thiago Heleno e bateu no alto, à direita do gol de Weverton.
 
O Furacão seguiu pressionando e quase marcou aos 25 minutos. Nikão cobrou falta de longe e Douglas defendeu. No rebote, Ribamar mandou por cima do gol.
 
Mas o time atleticano abriu o placar aos 33 minutos. Matheus Rossetto cobrou falta na entrada da área e bola desviou na barreira. Guilherme aproveitou o lance e mandou para o fundo das redes. 1 a 0.
 
Atrás no placar, o Avaí voltou para o segundo tempo no ataque e chegou bem aos oito minutos. Pedro Castro mandou de fora da área e Weverton fez ótima defesa, espalmando para escanteio.
 
Só que o Rubro-Negro ampliou o placar dois minutos depois. Gustavo Cascardo bateu cruzado, Douglas deu rebote e Guilherme apareceu para completar para o gol, marcando o segundo dele no jogo. 2 a 0 Furacão.
 
Aos 12 minutos, o Furacão marcou o terceiro. Nikão fez jogada pela esquerda e bateu cruzado. A bola desviou na zaga do Avaí e foi para o gol. Douglas ainda tentou salvar, mas a bola já tinha ultrapassado a linha. 3 a 0 para o Rubro-Negro.
 
O quarto gol atleticano saiu aos 25 minutos. Eduardo Henrique tabelou com Guilherme, invadiu a área e bateu cruzado, por baixo do goleiro. 4 a 0. 
 
Foi também de Eduardo Henrique o quinto gol atleticano. O volante aproveitou cruzamento da esquerda e marcou de cabeça, fechando o placar no Caldeirão.
 

O primeiro jornal de Curitiba com conteúdo em Realidade Aumentada.