Greca quer retomar as obras inacabadas: “É hora de renascimento”

O primeiro ato da posse do prefeito de Curitiba, Rafael Greca, ocorreu neste domingo (1) na Câmara Municipal. Greca assinou o termo de posse com o vice-prefeito, Eduardo Pimentel, e reafirmou o compromisso de trabalhar pela gente e a terra de Curitiba. “Da CIC ao Bairro Novo, do Pinheirinho ao Santa Cândida, vamos retomar todas as obras incabadas. É chegada a hora do renascimento de Curitiba”, disse Greca.

Ele também falou da importância de prefeito e vereadores estarem ao lado da população. “Somos os reguladores da qualidade dos serviços dos municípios. Iremos às UPAs de madrugada para ver como está o trabalho, assim como às escolas”, afirmou. O prefeito lembrou que já conseguiu reduzir a máquina da prefeitura em 40%, com o corte de cargos comissionados e funções gratificadas e a junção de secretarias, e que trabalhará para continuar a pagar servidores em dia. “Curitiba é parte de um Brasil quer queremos grande e justo. A República começa aqui, é a cidade.”

Greca partiu para a Câmara dos Vereadores acompanhado da primeira-dama, Margarita Sansone, dos secretários municipais e do vice-prefeito em um ônibus elétrico híbrido, simbolizando o compromisso de melhorar o transporte público com uma frota moderna e menos poluente. Greca foi recepcionado pela bateria da escola de samba Mocidade Azul e pelo músico Saul Trumpet, que tocaram o hino de Curitiba.

MEMORIAL DE CURITIBA – Às 18h, Greca tomará posse em solenidade aberta ao público no Memorial de Curitiba.
Sob o acompanhamento do Coral da Catedral, será concedida uma benção ecumênica de líderes religiosos na Capela dos Fundadores, diante do altar da 1ª. Igreja de Curitiba, no Memorial, onde foi celebrada a missa pelo papa João Paulo II durante visita à cidade, em 1980.

A cerimônia também terá apresentação do Hino de Curitiba pela Banda Lyra e dos integrantes da escola de samba Mocidade Azul, todos voluntários. Um brinde com o tradicional refrigerante Gengibirra, o “champagne” dos curitibanos, marca o evento, que não terá custos aos cofres municipais.

“Será uma cerimônia simples, mas com um amor desmedido, com sentimento cívico que moverá a minha nova gestão. Não gastaremos nada. Cadeiras de acrílico, mesa sem flores, apenas toalha bordada com a bandeira e o primeiro escudo, escolhido por Romário Martins, na qual consta a inscrição Semper ad Excelsa – Curitiba cada vez mais para o alto. Esse é o nosso propósito”, afirmou o prefeito Rafael Greca.
Greca dará início à gestão como prefeito na segunda-feira (2), às 8h, no Palácio 29 de Março.