Jardim Botânico ganha nova iluminação, mais moderna e eficiente

A Prefeitura concluiu nesta semana a troca do cabeamento e das luminárias no Jardim Botânico, atração turística mais visitada de Curitiba. Com mais de um milhão de visitantes por ano, o local ficou quase no escuro em 2016, após o roubo dos equipamentos de iluminação.

Agora, a iluminação é mais moderna e econômica. A estufa ganhou novamente uma iluminação cênica, que foi inaugurada na noite desta terça-feira (28) pelo prefeito Rafael Greca e o vice-prefeito e secretário de Obras Públicas, Eduardo Pimentel. Em comemoração pelo aniversário de 324 anos da cidade, a estufa foi iluminada com as cores da bandeira de Curitiba (vermelho, branco e verde). O evento teve a apresentação da flautista Marcela Zanetti.

“O Jardim Botânico é o símbolo de Curitiba e na nossa gestão sempre estará iluminado, levando luz para os curitibanos”, afirmou Greca. Ele anunciou que até o domingo de Páscoa, em 16 de abril, o espetáculo de som e luz se repetirá todas as noites, às 20 horas.

A intervenção na iluminação foi feita em todo o parque, incluindo o velódromo, o estacionamento e as ciclovias do bosque. Todas as luminárias de vapor de sódio foram substituídas por 106 unidades de LED. “Foi uma revitalização completa no Jardim Botânico, que depois de ficar completamente no escuro volta a ter uma iluminação adequada para garantir a segurança e a beleza do espaço”, afirmou Pimentel.

As lâmpadas instaladas têm 40, 200 e 220 watts. A vantagem da LED é que são mais eficientes, promovem economia e melhor iluminação. Elas apresentam melhor índice de reprodução de cor branca, proporcionando melhor percepção de segurança.

O investimento foi de R$ 289 mil, com recursos próprios da Prefeitura. Por causa dos constantes furtos, o cabeamento será protegido por caixas de concreto e os dutos serão enterrados em maior profundidade.

Para iluminação do velódromo, foi feito um projeto luminotécnico, garantindo a eficiência necessária para treinamento de ciclismo de velocidade. Através de um modelo 3D da pista, foram avaliados os equipamentos necessários de iluminação (luminárias, postes, braços) de acordo as características do local.

Com a nova iluminação, o velódromo pode receber no início do mês a Corrida das 100 Voltas Noturna, competição de resistência e velocidade promovida pela Secretaria Municipal do Esporte, Lazer e Juventude.

Questão ambiental

Toda a iluminação foi feita de acordo com as características do Decreto Municipal 170/2015, que regulamenta o funcionamento do Jardim Botânico.

Devido aos pássaros e ao processo de fotossíntese das árvores, não é permitida a instalação de luminárias em alguns espaços. É o caso do caminho das cerejeiras na entrada do Jardim Botânico. Pelo mesmo motivo, às 4h a estufa é desligada.

Mutirão

Além da iluminação de praças e parques, a Prefeitura faz um mutirão para troca das lâmpadas queimadas na cidade. A prioridade é dada para as demandas represadas da Central 156.

Em dois meses de trabalho, as equipes do Departamento de Iluminação atenderam mais de 15 mil ocorrências. Com o serviço, a iluminação pública registrou no primeiro trimestre um dos mais altos índices de satisfação dos serviços tabulados pela Central 156. A satisfação com o serviço passou de 85%, em dezembro de 2016, para 93,43% em fevereiro de 2017, aponta o relatório mensal da central.