Jardim Botânico ganha palmeiras transplantadas do Horto Municipal

Mais do que o principal ponto turístico da capital paranaense, o Jardim Botânico é referência para o estudo da vegetação da cidade. Nesta quarta-feira (03/05), a Secretaria Municipal do Meio Ambiente começou a complementar as espécies da área Jardim das Plantas Nativas.

A coleção fica próxima da estufa e do Jardim das Sensações e, em breve, deverá ganhar novas espécies. Inicialmente, três palmeiras vindas do Horto do Guabirotuba foram transplantadas para o Botânico. Para a ação, foi utilizado o caminhão transplantador para árvores de médio porte.

O diretor do Departamento de Produção Vegetal da secretaria, José Roberto Roloff, conta que a ação faz parte dos trabalhos de revitalização que vem sendo feitos em todo o Jardim Botânico. Na área das plantas nativas, novas espécies serão plantadas ao longo do ano. Ainda está prevista a troca dos bancos e do painel de bambu, que protege as plantas de sombra, além da complementação do calçamento e pintura.

Um novo canteiro de flores em formato de pinhões está sendo implantado na rótula do estacionamento principal. Serão plantadas mais cinco mil mudas de flores da espécie cravinas rosas. No início de março, foram renovados os canteiros de flores com a produção própria de tagetes amarelas e laranjas.

Manutenção

As árvores do estacionamento e do bosque por onde passa a pista de caminhada recebem podas de manutenção ao longo desta semana. As desvitalizadas, também das coleções vegetais, devem ser removidas e substituídas.

Enquanto durarem os serviços, algumas áreas nas pistas de caminhada podem ser interditadas para a circulação de pessoas, em razão da segurança.