Mick Jagger elimina Inglaterra da Eurocopa

O cantor Mick Jagger, vocalista dos Rolling Stones, voltou a atacar com o seu pé frio nesta semana. Como em outras vezes, a vítima foi a seleção da Inglaterra, eliminada da Eurocopa por 2 a 1 pela poderosa Islândia após estar vencendo o confronto por 1 a 0, na última segunda-feira.

A partida, realizada em Nice, na França, pelas oitavas de final da Euro 2016, foi acompanhada de perto pelo astro do Rock, que não se privou de mostrar o entusiasmo pela equipe do seu país. Pouco antes do jogo, Jagger escreveu em seu Twitter uma mensagem de apoio à equipe do seu país, que, normalmente, seria a favorita na disputa.

A seleção inglesa começou vencendo, marcando com um pênalti cobrado por Wayne Rooney aos três minutos. Quando a Islândia virou, com gols de Sigurdsson e Sightórsson aos seis e 17 minutos, o cantor inglês não aguentou a pressão e decidiu apagar o post em sua rede social. Mas já era tarde. O vídeo viralizou na internet, confirmando a vocação do eterno pé frio que, vale destacar, também vem mandando muito bem no mundo da música, sua outra paixão (depois da eliminação de equipes de futebol) há mais de cinco décadas.

Para muitos estudiosos, não há dúvidas de que Jagger foi o único responsável pela versão esportiva do Brexit.

Assim como nos palcos, o histórico de sucesso do artista nos estádios é impressionante. Além da própria Inglaterra, ele já conseguiu eliminar, em diferentes competições, Brasil, Estados Unidos, Argentina e Portugal. Ao todo, atribui-se a ele pelo menos sete derrotas em sete jogos.