Mulher e Como a Repressão da Sexualidade Pode Estar Engordando Você

Sexualidade é algo além do sexo e órgãos sexuais, está relacionado com seu poder, com todo potencial do vir a ser, criatividade, crescimento, evolução e expansão da consciência. E há dois mil anos doutrinas tiram isso de você, impondo que o sexo é antinatural, reprimindo os sentidos e impondo a culpa pelo sentir.

A repressão sexual da mulher começa quando isso passa a ser lucrativo. Há anos atrás a mulher passou a ser propriedade do homem: gerar filhos para ele não dissipar as posses, que eram destinadas aos filhos, e as filhas vendidas em casamentos planejados. Criou-se uma doutrina para justificar isso e as verdadeiras razões (dinheiro e poder) ficarem camufladas. O sexo foi dito pecado e a mulher demonizada, culpada pelo próprio corpo e natureza! Assim o homem teria desculpa para fazer sexo quando quisesse e com quem quisesse e a mulher não. Passa a ser reprimido todo tipo de prazer e expansão de energia, a mulher não podia rir alto, expressar sentimentos…

Você acha que agora está livre?!

Quando dominam a sexualidade das pessoas, tiram 90% da sua energia e força. Tudo é ligado a poder. Ditaram o que é pecado, o certo e errado, como faz e se faz, quantas vezes e com quem faz. Não existe liberdade nem com o próprio corpo. E por quê?

Para dominar você. O sexo de verdade com honra, amor e respeito, é a mais poderosa alquimia. Prazer e conexão tem capacidade de criar, expandir e nos elevar! Quando bloqueamos isso, perdemos força. O prazer leva as pessoas a serem livres. E pessoas livres não são fáceis de dominar, não é mesmo?!

Mas também te fizeram temer a liberdade, ditando que liberdade é bagunça e perversidade, te fazendo novamente se sentir perdida e suja.

Você pode estar compensando em comida, triste e não goza por que doutrinas te fizeram se sentir culpada, suja, submissa, inferior, porque assim ficaria fácil te aprisionar, te usar. Assim você, mulher, se tornou objeto. Muitas ainda não conseguem abrir os olhos, porque essa realidade dói e ninguém ensinou as mulheres se respeitarem. O medo de ser livre provoca orgulho em ser escravo.

E isso é tão forte que foi a estrutura humana autoritária, que teme a liberdade, que possibilitou o êxito de Hitler. “A repressão da sexualidade natural deixa as pessoas apreensivas, tímidas, obedientes, temerosas da autoridade. Uma inibição geral do pensamento e das faculdades críticas leva a vários tipos de gratificações compensatórias, vícios, obsessão por uma ideia, e ideia fixa é equivalente a compulsão por comida, estabelece uma relação circular de dependência com a comida. Na prática, você passa a comer para compensar algo que lhe falta ou lhe foi tirado, reprimido, contido. A agressividade natural, vira um sadismo brutal. Resulta em medo da liberdade, uma mentalidade conservadora e reacionária, contribui ativamente para estruturas autoritárias apesar de toda sua miséria e degradação”.

É hora de retomar o seu poder.

Terapeuta acupunturista e proprietária da Estação de Arte e Cura Sereni Gayatri, com o propósito de amparar sua jornada e elevar a consciência.