Museu Alfredo Andersen abre três exposições em maio

O Museu Alfredo Andersen, em Curitiba, abre na próxima quarta-feira (17), às 18h, três novas mostras – Alumiar, As múltiplas faces de Ana e Forma Formante. As exposições permanecem em cartaz até 2 de julho, com exceção da primeira, que encerra dia 18 de junho. A entrada é gratuita.

Em Alumiar, Adriana Brzezinska utiliza três diferentes linguagens: a fotografia, a colagem e a pintura. As obras têm como temática paisagens, com foco na impressão da luz e como ela se relaciona com o cenário. As fotografias foram feitas com câmeras analógicas e digitais. Na colagem são utilizados arquivos digitais e outros materiais, como a ureia, vermiculita, água e tinta.

Na exposição As múltiplas faces de Ana busca-se traçar um panorama da construção da imagem de Ana Oliveira, esposa de Alfredo Andersen, que era descendente de índios Guarani e foi retratada pelo marido de indígena a europeia. Esta mostra integra a 15ª Semana Nacional de Museus, realizada em todo o Brasil de 15 a 21 pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram). O tema proposto para este ano é Museus e histórias controversas: dizer o indizível em museus.

A mostra de José Tazza Forma Formante apresenta pinturas não figurativas que destacam a importância do gestual e da intuição no processo criativo e compositivo do artista.

Serviço

Abertura de três exposições no Museu Alfredo Andersen

Dia 17 de maio de 2017, às 18h

Entrada gratuita

Museu Alfredo Andersen

Rua Mateus Leme, 336 – Curitiba

Terça a sexta-feira, das 9h às 18h

Sábados, domingos e feriados, das 10h às 16h

41 3222-8262 | 41 3323-5148

www.maa.pr.gov.br | maa@seec.pr.gov.br