Natal - A Origem

Natal – A Origem

Natal é relativo a nascimento, nascimento de algo ou alguém.

No hemisfério sul é verão, no solstício de verão acontece o dia mais longo do ano e a noite mais curta, o Sol está brilhando com intensidade e força. Essa é sua origem: a celebração do Sol como fonte de vida e nutrição para o nascimento de todas as coisas, sem a energia do Sol não conseguiríamos viver como vivemos. Essa origem é mais antiga que Cristo, mas é nessa mesma época que a igreja diz que Cristo nasceu.

Muita coisa é deturpada pelo homem que está corrompido, como é o Natal, onde algumas pessoas estão apenas preocupadas em ganhar os presentes maiores e mais caros, em esbanjar e ostentar. Onde existe uma figura punidora que só oferece presentes se a criança foi boazinha, dentro do conceito que ditam de ser “boazinha”. E algumas pessoas apenas não têm dinheiro para presentear seus filhos, e essas crianças sentem-se menores, não merecedoras, e pensam que talvez não sejam boazinhas. Devido a essa deturpação muitos não sentem o natal como nascimento e vida, mas sim como indignação e injustiça.

A Comunhão
Por isso a importância de, principalmente nessa época, contribuir e participar de eventos beneficentes, gratuitos e públicos, onde evidencie a arte, a criação, a vida! Onde celebramos todos juntos esse nascer de vida e nos conectamos com a criação de condições para viver com mais harmonia uns com os outros. Onde essa comunhão e troca são evidenciados.

Não é à toa que nessa época acontece o “amigo secreto”, que na sua origem é um meio de existir essa troca, celebrar com amigos e de todas as pessoas ganharem algum presente.

Realinhe seu coração com o princípio e propósito desse momento, reflita sobre o que é realmente importante, relevante e que tem prioridade, para que esses encontros aconteçam de maneira agradável e para criar essa atmosfera de harmonia e possibilidades.

E lembre-se de quando estiver fazendo alguma contribuição, participando de algum evento beneficente, de levar seu coração e alegria e não seu dó e pena, ninguém quer ser visto como coitadinho e pequeno. Faça com amor e não por obrigação, faça com alegria e não com dó, faça com o coração e não com pena. Você não é maior porque ajuda alguém, alguém não é menor que você por ser ajudado por você, isso é ser humano, ser justo, é um gesto de equilíbrio, de amor que une todas as coisas e não de superioridade.

Feliz dia do nascimento da Luz e que sua colheita seja bela!

Terapeuta acupunturista e proprietária da Estação de Arte e Cura Sereni Gayatri, com o propósito de amparar sua jornada e elevar a consciência.