Dr. Loamir distribuindo gibis às crianças.

O Civismo no Brasil é Possível

Antes de entrar no assunto propriamente dito, serão feitas distinções entre o que seja patriotismo, nacionalismo e civismo.

Patriotismo – qualidade ou característica de quem é patriota; devoção à pátria. ​(Google)

É o sentimento de amor e devoção à pátria, aos seus símbolos como a bandeira, hino e brasão.

​Patriotismo, do grego patriotes (patrício), é o sentimento de orgulho, amor, devolução e devoção à pátria, aos seus símbolos (bandeira, hino nacional, brasão, mitos históricos, riquezas naturais e patrimônios material e imaterial, dentre outros).

​Ao longo da história, o amor à pátria vinha sendo considerado um simples apego ao solo. Tal noção mudou no século XVIII, que passou a assimilar noções de costumes e tradições, o orgulho da própria história e a devoção ao seu bem-estar.

​​Muitas vezes, o nacionalismo é confundido com patriotismo. Ser um nacionalista não implica algum ponto de vista político particular, à exceção de uma opinião da nação como um princípio organizado fundamentalmente na política. ​Agora, ser um patriota implica em fazer algo de bom pelo seu país ou nação.

​Civismo – dedicação e fidelidade ao interesse público; patriotismo, civilismo. ​Civismo refere-se a atitudes e comportamentos que um cidadão tem, no dia a dia, que sejam demonstrativos de respeito pelos valores da sociedade e pelas suas instituições.

​“A criação da Liga da Defesa Nacional foi um desdobramento da campanha, promovida entre 1915 e 1916 pelo poeta Olavo Bilac em prol da implantação do serviço militar obrigatório no Brasil. Essa campanha, lançada pela primeira vez em 1907, no governo Afonso Pena (1906-1909), recebeu então o apoio do general Caetano de Faria, ministro da Guerra do presidente Venceslau Brás (1914-1918).”

Para sobreviver como nação, urge uma depuração em todos os campos do poder nacional. O povo não quer só migalhas que sobram das mesas dos ricos e poderosos. Acredito na verdadeira força comunitária que pode muito em seus efeitos e deve sanar problemas nacionais e se libertar das benesses políticas que tanto escravizam o povo.