(Foto: Pixabay)

O Grande Segredo dos Relacionamentos!

É a liberdade.
Todos nós estamos aprendendo com os relacionamentos que vivemos, ao menos o suficiente para despertar um lampejo de consciência e crescer!
Desencana, relacionamentos não são para fazer o outro feliz ou para que alguém te faça feliz, nem para buscar expectativas moldadas de perfeições. E sim, para ajudar a pessoa que está com você a ser quem ela verdadeiramente é.

Algumas reflexões que podem ajudar nisso:
1. Confie e respeite quem você é, confie e respeite quem seu companheiro(a) é.
Compreendendo a dádiva que cada uma dessas existências têm para oferecer ao mundo.

2. Quando precisar, chame a atenção!
Alerte quando seu companheiro(a) não estiver sendo verdadeiro(a) consigo, confiante ou manifestando essa dádiva.

3. Confie e entregue!
Acredite na jornada, no caminho, e nas escolhas um do outro, mesmo quando o outro não estiver fazendo sentindo algum pra você.

4. Lembre-se, não é sua obrigação fazer o outro feliz.
E sim oferecer condições e dar espaço para a pessoa conseguir alcançar a própria felicidade e objetivos, sejam objetivos em comum com os seus ou diferentes.

5. Seja honesto(a)!
100% honesto(a) e sincero(a). Foque em seus propósitos. Permita-se ser quem você é, e faça o que for preciso para conseguir. Permita a pessoa também fazer isso por ela.

6. Lute com honra, no lado certo!
Vocês dois estão no mesmo time! O erro está em competir um contra o outro. Com habilidades e pontos de vista diferentes, vocês podem somar e evoluir com isso.

7. Compreenda a admiração por outras pessoas.
É possível admirar outras pessoas e não misturar isso com atração sexual. Converse, explique, seja claro(a) e sincero(a) com todos incluindo você mesmo.

8. Cuide de você.
Você sente ciúmes, ressentimento, dor? A responsabilidade não é do seu companheiro(a). Cabe a você cuidar de si, esses sentimentos estão mostrando os pontos que precisam ser trabalhados em sua cura interior, seu companheiro(a) pode estar sendo como uma lanterna facilitando para você enxergar isso.

9. Lembre-se que você também é um espelho!
Lembre e mostre para seu companheiro(a) toda a beleza que vive nele(a), principalmente quando ele(a) esquecer.

10. Não se obrigue a nada!
Desafios e adversidades existem e isso pode fazer o relacionamento e as pessoas enriquecerem e crescerem. Mas ninguém precisa suportar nada, se não estiver sendo bom e evolutivo, se sentir que está sendo forçado, pode ser um sinal que cada um pertence a caminhos diferentes.

11. Aproveite a jornada!
Sério, você nunca vai saber de tudo, não existe verdade absoluta, tudo é relativo e estamos todos crescendo e evoluindo no mesmo barco. Vamos errar e acertar, mas “o importante são os olhos que se abriram e não que um dia eles estiveram fechados”. Então mantenha o amor por todos e todas as coisas.

Texto traduzido e adaptado por Taís Bueno Vidotto. Texto original em inglês: The Whole Point of a Relationship – Natasha Blank.

Terapeuta acupunturista e proprietária da Estação de Arte e Cura Sereni Gayatri, com o propósito de amparar sua jornada e elevar a consciência.