Júnior marcou e criou boas chances ofensivas. Foto: Williams Aguiar

Paraná tem gol legítimo anulado e perde para o Sport

Duas bolas na trave, um gol mal anulado e o Paraná Clube retorna de Recife com mais uma derrota no Campeonato Brasileiro da Série A. Em situação difícil, o Tricolor está, agora, a nove pontos do primeiro time fora do Z4. O Sport-PE fez 1×0, com gol de Gabriel, ainda no primeiro tempo. Um cenário que obriga o time de Claudinei Oliveira a vencer os jogos em casa. E serão dois, em sequência, na Vila Capanema, contra Chapecoense e Santos.

“O duro é a gente saber que criou boas chances. Fizemos um gol legítimo, mas que acabou anulado pela arbitragem”, lamentou Claudinei Oliveira. “Não entendo esse critério de colocar, num jogo importante como esse, um árbitro que ainda não havia apitado na Série A nesta temporada”. O alerta do treinador já havia acontecido antes mesmo da partida.

Com a bola rolando, a primeira real oportunidade foi do Paraná, logo aos 6 minutos. Nadson cobrou falta, Igor desviou de cabeça e Magrão fez milagre. Na sobra, Cléber Reis acertou o travessão. A resposta do Sport, porém, foi contundente. Aos 14, Rogério avançou pela esquerda e cruzou, Andrigo fez o corta-luz e Gabriel, livre, bateu cruzado: 1×0.

O lance reclamado pelo Paraná veio aos 23 minutos. Silvinho cruzou para a área e Grampola, em condição legal, cabeceou para a rede. Atendendo indicação do assistente Marcus Vinícius Gomes, o árbitro Émerson de Almeida Ferreira anulou o empate paranista.

Precisando do resultado, o Paraná se expôs e aos 27 minutos Richard fez grande defesa no cabeceio de Andrigo. Mesmo com a saída de Silvinho, lesionado, o Paraná manteve o ritmo, com Carlos no ataque. Na arrancada de Alex Santana, o atacante recebeu e tentou uma “meia lua” em Magrão, desperdiçando boa chance para o empate. Claudinei, no intervalo, trocou Jhonny Lucas por Wesley Dias, mando a mesma estrutura tática.

Aos 6 minutos, Júnior mandou uma pancada no travessão. Na sobra, Carlos marcou, mas o impedimento foi assinalado. Logo depois, Richard fez uma grande defesa no chute de Rogério. O jogo seguiu equilibrado e o Paraná ainda teve uma boa chance para empatar aos 41minutos. Nadson abriu espaço e bateu para a defesa de Magrão, no rebote, Carlos não conseguiu mandar para a rede. No último lance, Richard ainda mostrou reflexo para impedir o gol de Marlone. Final: Sport 1×0.

Fonte: Site oficial do Paraná Clube

O primeiro jornal de Curitiba com conteúdo em Realidade Aumentada.