Peugeot chama recall de quase 35 mil veículos

A Peugeot Citröen do Brasil Automóveis Ltda. chamou recall dos veículos Peugeot modelos 308 e 408, 2.0 Flex, informa a Secretaria Nacional do Consumidor do Ministério da Justiça e Segurança Pública (Senacon/MJSP). O chamamento é devido à possibilidade de vazamento de combustível no compartimento do motor, com consequente incêndio no veículo.

Mais informações podem ser obtidas junto à Peugeot, por meio do telefone 0800 703 2424 ou pelo site. Detalhes sobre a campanha também estão disponíveis no site do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

De acordo com a Peugeot, o recall, com início em 3 de fevereiro, abrange 34.367 automóveis, sendo 14.418 unidades Peugeot 308, produzidos no período de 28 de junho de 2011 a 1º de abril de 2015; e 19.949 veículos Peugeot 408, produzidos no período de 25 de junho de 2010 a 20 de maio de 2015.

Os automóveis foram colocados no mercado de consumo com numeração de chassi, não sequencial, compreendida entre os intervalos CG029023 a FG025539, para os modelos 308; e BG001818 a FG028603, para os modelos 408.

Quanto aos riscos à saúde e à segurança do consumidor, a Peugeot destacou a”possibilidade de fissura na tubulação de alimentação de combustível do motor”. Nessa condição, “a situação poderá provocar vazamento de combustível, e, em alguns casos, há possibilidade de incêndio do compartimento do motor, gerando risco de acidente com danos físicos e/ou materiais aos ocupantes do veículo e/ou a terceiros”.

O Código de Defesa do Consumidor determina que o fornecedor repare ou troque o produto defeituoso a qualquer momento e de forma gratuita. Se houver dificuldade, a recomendação é procurar um dos órgãos de proteção e defesa do consumidor.